Lisboa recebe conferência internacional sobre tecnologia e direito

Inteligência artificial, Big Data e a ligação entre o Direito e a Tecnologia estarão em discussão no Lisbon, Law & Tech, no final de outubro

Lisboa recebe conferência internacional sobre tecnologia e direito

A Inteligência Artificial, Big Data e a ligação entre o Direito e a Tecnologia estarão em discussão no primeiro Lisbon, Law & Tech, um evento internacional organizado pelo Instituto do Conhecimento da Abreu Advogados, que se vai realizar no próximo dia 29 de outubro, à tarde, no Auditório da Abreu Advogados, em Lisboa.

O foco da conferência está no impacto da tecnologia sobre a economia e o direito. Entre os especialistas internacionais de referência, destaca-se Daniel B. Rodriguez, presidente da American Bar Association Center for Innovation, anterior Diretor da Northwestern School of Law, em Chicago, e anteriormente professor em Harvard e Stanford.

Para Luís Barreto Xavier, coordenador do Instituto do Conhecimento e consultor para a Inovação da Abreu Advogados, “como as fintech no setor financeiro, as lawtechs provocam disrupção na prática do Direito, sendo preciso compreender e debater o potencial e os riscos da inovação em curso. O Lisbon, Law & Tech vai contribuir para este debate. Estamos muito satisfeitos por conseguirmos debater, numa tarde, alguns dos temas que estão na vanguarda da inovação. Para mais, contamos com notáveis especialistas internacionais para a sua apresentação e debate”.

Destacamos o debate em torno das novas competências dos profissionais no setor jurídico, numa conversa com Victor Cabral, da Think Future, uma unidade da Tozzini Freire, um dos maiores escritórios brasileiros. Alexandre Zavaglia, Co-fundador da brasileira Future Law, é o convidado que se segue, para falar sobre Ciência de Dados e Inteligência Artificial aplicada ao Direito.

Helder Galvão, Fundador da tecnológica brasileira N8, é outro dos convidados do evento. Com um percurso ligado de perto à inovação e às startups, vai falar sobre a Advocacia 4.0 e o possível papel do advogado no futuro. Sobe ao palco de seguida Rita Branquinho Lobo, da Novabase, que se propõe refletir sobre se os departamentos jurídicos serão um centro de custo ou uma business unit das empresas.

A tarde segue com os temas do fundraising para startups, pelo managing partner da Cionet, Rui Serapicos, e os segredos por trás dos casos bem-sucedidos de exit, por Rodrigo Vieira, da PG Advogados. Para completar o programa, a sobe ainda ao palco Rita Batista Marques, CEO da Portugal Ventures, e Marco Fernandes, CEO da PME Investimentos, para uma conversa sobre as operações de Venture Capital e movimentos de spin-in entre empresas tradicionais e startups.

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 22 novembro 2019

IT INSIGHT Nº 22 novembro 2019

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.