Oracle lança nova versão Java para suportar produtividade dos developers

Oracle acaba de anunciar a disponibilização do Java SE 11, que oferece aos programadores um conjunto de novas melhorias a nível da produtividade, bem como suporte à criptografia moderna e standards internet, incluindo TLS 1.3 e HTTP/2

Oracle lança nova versão Java para suportar produtividade dos developers

O JDK é a primeira Long Term Support (LTS) update a ocorrer apenas seis meses após o anúncio da Oracle, o JDK 11, e resulta  da profunda colaboração entre os engenheiros da Oracle e os membros da comunidade mundial de programadores Java através da OpenJDK Community e da JCP. Desde o lançamento do Java SE 8, que a comunidade tem vindo a colaborar em mais de 100 novos melhoramentos que foram sendo introduzidos através do JDK 9, 10, e 11.

“O protocolo TLS 1.3 foi recentemente aprovado, e são excelentes notícias que o Java SE 11 o suporte imediatamente,” afirma Jim Manico, coautor do Iron Clad Java e fundador da Manicode Security. “O novo ciclo de atualizações do Java para o Java SE significa que importantes protocolos de segurança e outros standards, tais como o TLS 1.3, podem ser disponibilizados e adotados rapidamente, dotando os programadores de aplicações, com mais ferramentas para escreverem software seguro, na linguagem mais popular do mundo, o Java!"

Os clientes podem agora migrar do Java SE 8 para o Java SE 11, ao ritmo que for mais conveniente para responder às necessidades dos seus negócios, suportados pelo Long Term Support da Oracle. A Oracle irá oferecer aos seus clientes atualizações de segurança e de resolução de bugs no JDK 11 em 2026, sendo que o próximo lançamento LTS está já previsto para setembro de 2021.


As principais funcionalidades do Java 11 incluem:

  • Controlos de acesso nest-based: elimina a necessidade de os compiladores inserirem métodos de ligação no alargamento das acessibilidades.
  • Dinâmica constante dos class-file: reduz os custos da disrupção na criação de novas formas de materialização dos class-fileconstantes e oferecer um leque mais amplo de opções, para facilitar a escrita e a compreensão dos códigos, bem como o seu desempenho.
  • ZGC: (experimental) uma caixa do lixo escalável e de baixa latência.
  • Epsilon: implementação GC totalmente passiva, com um limite mínimo de alocação e a menor latência possível de sobrecarga.
  • Flight Recorder: quadro de recolha de dados com custos mínimos, para resolver os problemas e as sobrecargas das aplicações Java e HotSpot JVM. 

 

“As atualizações do modelo LTS permitem aos nossos clientes migrar de uma versão Java SE LTS para outra mais atual ao seu próprio ritmo, ao mesmo tempo que garante que o ecossistema de programadores Java pode aceder, mais rapidamente do que nunca, às melhorias introduzidas,” afirma Georges Saab, Vice President, Software Development, Java Platform Group, da Oracle. “Com a introdução da Oracle Java SE Subscription, os clientes passaram também agora a ter acesso a uma forma fácil de aproveitar os lançamentos regulares das atualizações testadas e certificadas de desempenho, de estabilidade e de segurança, diretamente da Oracle.”

Tags

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 15 Outubro 2018

IT INSIGHT Nº 15 Outubro 2018

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.