Operadoras de telecomunicações exigem que big tech paguem custos de rede

A proposta está a ser discutida pela associação de telecomunicações GSMA e será apresentada à União Europeia nos próximos meses

Operadoras de telecomunicações exigem que big tech paguem custos de rede

Vários operadores de telecomunicações estão a pressionar a União Europeia a implementar novas leis que levem as big tech a pagar por custos de rede, de acordo com quatro fontes anónimas citadas pela Reuters. A exigência tem por base o facto de empresas como a Google, Meta ou Netflix, utilizarem mais de metade do tráfego de internet na região.

A ainda não comunicada proposta está a ser discutida pela GSMA, associação de telecomunicações que representa mais de 750 operadores. “A GSMA está a coordenar uma proposta que fala da contribuição das big tech para o investimento em infraestruturas europeias”, disse o Chief Regulatory Officer da GSMA, John Giusti, sem especificar o conteúdo da proposta. Mais, o responsável avançou que será enviada uma carta ao Commissioner for the Internal Market, Thierry Breton, nas próximas seis semanas. 

A proposta segue o exemplo da Austrália na sua própria disputa com o Google e Facebook vieram favorecer as operadores de telecomunicações do país. Além disso, as regras, que dizem respeito a conteúdos noticiosos online, permitem ao governo australiano nomear um ‘árbitro’ para estabelecer taxas no caso das big tech e dos editores de notícias não chegarem a consenso sobre direitos de autor. 

De acordo com as fontes, ainda não há um documento formalmente constituído, e Thierry Breton já se expressou, dizendo que irá procurar conhecer os pareceres de ambos os lados da barricada, antes de estabelecer legislação sobre o tema. 

Tags

NOTÍCIAS RELACIONADAS

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 41 Janeiro 2023

IT INSIGHT Nº 41 Janeiro 2023

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.