Branded Content

Novas exigências da época de compras impulsionam necessidade de soluções edge computing

Como resultado da pandemia de COVID-19, a Black Friday e a época de compras natalícias deste ano estão a ser diferentes de todas as outras – obrigando os retalhistas a ser criativos na sua abordagem, sabendo que grande parte dos consumidores não quer gastar muito tempo em lojas.

Novas exigências da época de compras impulsionam necessidade de soluções edge computing

Muitos ampliaram as compras da Black Friday a todo o mês de novembro e anteciparam as promoções de dezembro e, no geral, a indústria coloca cada vez mais ênfase nas encomendas online. Mas, seja ou não para comprar fisicamente, algo é cada vez mais evidente: os retalhistas necessitam da tecnologia certa, como soluções de edge computing, para se adaptarem a este novo normal.

Marketplace de retalho em mudança

As encomendas e os sistemas de pagamento online permitem processar mais transações do que nunca. Os retalhistas também incentivam os clientes a encomendar atempadamente, porque os serviços de entrega estão sobrecarregados e há maior risco de entregas tardias.

Entretanto, nas lojas físicas, os proprietários necessitam de estar conscientes das prioridades em evolução dos compradores, e implementar tecnologia de acordo com elas. Os pagamentos contactless e as caixas self-service, por exemplo, são cada vez mais atraentes para os clientes que querem evitar contactos próximos com os colaboradores e outras pessoas na loja, por medo de contraírem o vírus. Durante os últimos meses, também foram muitos os clientes que se acostumaram a encomendar online e a deslocar-se apenas para levantar os produtos nas lojas.

Para apoiar os hábitos de compras em evolução, as lojas necessitam de sistemas que permitam aos colaboradores saber quando as encomendas são realizadas e quando os clientes vão chegar para as recolher. Devem, por exemplo, investir em dispositivos manuais que permitem aos colaboradores do armazém comunicar aos colegas em loja quando as encomendam podem ser levantadas; e que podem também ser utilizados para monitorizar o inventário e garantir que que há stock. Por outro lado, os clientes também podem utilizar estas máquinas para ler os códigos dos produtos quando os retiram da prateleira, para que depois não tenham de esperar em filas na caixa.

Edge computing ao resgate

Quando aumentam a capacidade do website, contratam aplicações de inventário ou implementam tecnologias nas lojas, os retalhistas podem falhar se os seus sistemas não forem suficientemente rápidos ou responsivos. As localizações edge computing podem desempenhar um papel essencial para garantir aos clientes que as suas encomendas são processadas rapidamente e que as lojas monitorizam o inventário com precisão.

O edge computing coloca a computação do processamento, armazenamento e analíticas mais próxima do ponto em que os dados são gerados. Isto torna os sistemas mais responsivos porque os dados não necessitam de viajar até à cloud e regressar, o que cria latência. Assim, a importância das localizações edge continuará a crescer, à medida que os retalhistas aumentam os seus investimentos em tecnologia para assegurar a sua capacidade de resposta a uma época de compras incomum e, ao mesmo tempo, estabelecer um caminho de sucesso para o futuro digital.

As localizações edge incluem micro data centers que contêm a tecnologia necessária para alimentar as operações de retalho – isto inclui infraestrutura de rede, aplicações, bases de dados, armazenamento e sistemas de segurança e fornecimento de energia, que garantem a continuidade do negócio em caso de falhas de eletricidade. O edge é fundamental para construir resiliência para qualquer organização que dependa de processamento em tempo real, ou quase real, para realizar as suas operações.

Os retalhistas deverão aprender muito com a época de compras neste final de ano, tal como têm podido fazer desde que a pandemia começou. Como resultado, acabarão por surgir modelos mais eficientes de serviço ao cliente, com a tecnologia no cerne das operações – e a maioria dela terá componentes essenciais de edge computing.

 

Conteúdo co-produzido pela MediaNext e pela APC by Schneider Electric

Tags

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 49 Maio 2024

IT INSIGHT Nº 49 Maio 2024

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.