Investimento europeu em edge deverá crescer a dois dígitos

A IDC prevê que o investimento em computação edge vá atingir os 40 mil milhões de dólares na Europa em 2022 e os 64 mil milhões em 2025

Investimento europeu em edge deverá crescer a dois dígitos

A IDC estima que os gastos das empresas e fornecedores de serviços de edge computing vão chegar aos 40 mil milhões de dólares na Europa em 2022 e ainda vão aumentar significativamente durante o período previsto, chegando a perto de 64 mil milhões de dólares em 2025, com um CAGR de 16,4%.

Em comunicado, a IDC afirma que o desempenho, a inovação e a melhoria de custos são os principais objetivos de negócios que impulsionam a adoção desta tecnologia na Europa, levando quase uma em cada três organizações europeias a planear a utilização de tecnologias edge nos próximos anos.

Em 2022, espera-se que a maior parte dos gastos de empresas e fornecedores de serviços europeus de edge permaneça na categoria de serviços, principalmente serviços profissionais e provisionados, seguidos por hardware, impulsionados pela adoção de plataformas leves de edge.

Em comparação com plataformas edge pesadas, projetadas para executar tarefas mais trabalhosas e adaptadas para a localização ou implementação de edge, as plataformas edge leves são projetadas com componentes de baixo consumo de energia para poder executar funções limitadas ou únicas em ambientes onde a disponibilidade de energia e refrigeração é limitada. O resto do mercado é alocado para software, impulsionado por gastos em software de segurança, usado para garantir a integridade de dados, endpoints e software de infraestrutura e infraestrutura de sistemas.

Com diferentes casos de uso a surgir neste mercado dentro da Europa, as redes de entrega de conteúdo e funções de rede virtual, predominantemente encontradas nas ofertas de serviços de edge dos fornecedores de serviços, vão ter os maiores investimentos em 2022. Na Europa, os fornecedores de serviços vão investir mais de oito mil milhões de dólares para permitir ofertas edge durante este ano e vai se tornar a área de gastos com crescimento mais rápido até 2025.

Para as empresas europeias que adotam a tecnologia, os casos de uso de edge com maior adoção em 2022 incluem operações de fabricação, gestão de ativos de produção, operações omnicanal, redes inteligentes e monitorização de carga. Os casos de uso que vão assistir a um crescimento de gastos mais rápido durante o período de previsão são os que estão vinculados principalmente a inteligência artificial e domínios de AR/VR, como cirurgia assistida por AR, diagnóstico, consultores especializados em compras e recomendações de produtos e processamento automatizado de solicitações.

Tags

NOTÍCIAS RELACIONADAS

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 41 Janeiro 2023

IT INSIGHT Nº 41 Janeiro 2023

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.