Idiot = Trump ? Ask Google

Manipular o algoritmo do Google é o sonho de qualquer digital marketer. Isso continua a ser possível com alguma coordenação e bastantes volutários

Idiot = Trump ? Ask Google

A possibilidade de manipular o resultado do algoritmo de pesquisas do Google está demonstrado pelo menos desde 2003, mas a empresa tem afinado as suas defesas e cada vez é mais difícil brincar com os resultados do motor de buscas. Mas o mais recente Google Bombing provou que ainda há espaço para alguma paródia.

Fazer “bombing” é sobretudo uma acção consertada entre websites com relevância para o motor de busca, ao publicarem de forma simultânea um conteúdo que associe uma palavra a uma imagem. Foi o caso de utilizadores ativistas no Reddit, seguidos de outros websites.

A partir da ação inicial produzir os primeiros resultados, outros sites publicarão esta notícia, ou por ativismo politico, ou por curiosidade, ou simplesmente porque querem relembrar os seus leitores que a “ciência” do SEO (search engine optimization) é uma entidade mítica facilmente destronada (como é o caso do presente artigo). 

Resultados da pesquisa "idiot" no Google Images, dia 20 de julho.

Desta vez, tudo começou com uma ação de ativistas durante a recente visita do Presidente Donald Trump ao Reino Unido, e com um velho êxito punk chamado “American Idiot” voltado a entoar a passagem da comitiva presidencial por milhares de manifestantes. 

Das ruas de Londres para a web foi um salto, e a bola de neve cresceu de forma imparável, para embaraço da Google, que vê agora em Donald Trump um aliado para os seus problemas com a autoridade de concorrência europeia.

Assim nesta sexta-feira 20 de julho, “googlar” a palavra “idiot” no Images é igual a fotos do presidente americano. A palavra em português "idiota" também produz alguns resultados, mas em menor número.

O efeito do bombing há-de passar, ou pela poeira dos dias ou por ação direta da Google sobre os resultados, mas fica a clara demonstração que, passados 15 anos e muitos milhões de dólares, o Google continua vulnerável a quem se organize para o manipular.

Tags

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 15 Outubro 2018

IT INSIGHT Nº 15 Outubro 2018

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.