69% dos consumidores estão a recorrer ao metaverso para ‘fugir’ do mundo real

O estudo “Conectar no Metaverso”, da Talkdesk, revela que os consumidores encontram nos protótipos a oportunidade de se aproximarem de família e amigos após os anos da pandemia

69% dos consumidores estão a recorrer ao metaverso para ‘fugir’ do mundo real

O mais recente estudo “Conectar no Metaverso”, da Talkdesk, concluiu que 69% dos consumidores explora ambientes semelhantes ao metaverso como forma de fugir das preocupações do mundo físico. 

Dos inquiridos, os homens (73%) têm mais tendência do que as mulheres (62%) a visitar estes mundos. Comparando gerações, e sem grandes surpresas, são os Millenials (75%) e os Gen-Zers (64%) a procurarem com mais frequência estes ambientes.

Quase metade dos 1.500 americanos inquiridos consideram que um metaverso construído como sinónimo de uma paisagem propensa ao crescimento e aprofundamento de relações.

“Enquanto a realidade de um metaverso sofisticado, intuitivo e consistente ainda está no horizonte, os consumidores estão a começar a mergulhar em plataformas semelhantes para comprar, partilhar, jogar e desfrutar da novidade. Alguns estão até a namorar nestes ambientes digitais”, afirmou Shannon Flanagan, vice-presidente para o retalho e bens de consumo na Talkdesk.

54% dos inquiridos admitiu que a pandemia os afastou de amigos e familiares. Desta forma, alguns consumidores encontram nos protótipos de metaverso a oportunidade de se ligarem a estes. A possibilidade de encontrar experiências novas é um dos fatores que atrai 32% dos consumidores.

O futuro do metaverso

Mais de um terço dos inquiridos prevê que o metaverso seja algo convencional nos próximos cinco anos. No entanto, as organizações que lideram esta mudança estimam que o metaverso não estará verdadeiramente ligado durante, pelo menos, uma década.

Mas as plataformas semelhantes ao metaverso parecem levantar questões e preocupações no que toca às interações: 37% das mulheres e 50% dos homens admitem ter sofrido assédio, racismo ou outro tipo de discriminação quando participavam nestes ambientes. Mais de metade (56%) considera que o governo deveria regular o metaverso.

Uma das grandes expectativas do metaverso está relacionada com a experiência dos clientes no metaverso. Mais de metade dos inquiridos espera que o serviço ao cliente melhore neste ambiente e 47% que procura produtos no metaverso está a comprar artigos virtuais. Um em cada três inquiridos defende que estes espaços vão contribuir para a redução da frustração e da ansiedade quando comparado com o serviço de um Contact Center. Para 27%, a realidade do metaverso vem facilitar o acesso à informação sobre determinado produto.

Tags

NOTÍCIAS RELACIONADAS

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 41 Janeiro 2023

IT INSIGHT Nº 41 Janeiro 2023

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.