Farfetch incentiva startups a resolver desafios do retalho do futuro

Como é que a realidade virtual (VR) e a realidade aumentada (AR) podem transformar a forma como as pessoas compram online, mas também offline? Esta é a questão à qual startups, talentos individuais e equipas se comprometem a responder no âmbito do desafio lançado pela Farfetch, que pretende resolver os desafios do retalho do futuro

Farfetch incentiva startups a resolver desafios do retalho do futuro

Denominado de F-Tech Open, este desafio de ideias e programação vai decorrer nas instalações da empresa tecnológica em Lisboa e oferecer prémios de mais de 60 mil euros. As candidaturas já estão abertas e, a partir do momento em que a inscrição é aceite, os participantes estão aptos a iniciar o seu projeto e são acompanhados por mentores da empresa.

“Esta é uma oportunidade única, em que a Farfetch convida talentos externos a participarem na revolução tecnológica que estamos a introduzir no retalho online e offline”, afirma Cipriano Sousa, Chief Technology Officer (CTO) da Farfetch. "Neste projeto, mais do que o valor dos prémios que atribuiremos às melhores soluções apresentadas, estamos a investir o nosso know-how e a criar oportunidades para os participantes neste desafio nos acompanharem no desenvolvimento tecnológico e para crescerem connosco”, sublinha.

A Farfetch, que apresentou recentemente projetos como a Loja do Futuro (“Store of the Future”) e está empenhada no desenvolvimento tecnológico ao serviço do retalho, vai, assim abrir as portas do seu recente escritório em Lisboa para, durante os próximos meses, receber os participantes que terão oportunidade de contactar diretamente com mentores e especialistas da empresa.

Estes serão responsáveis por orientar e apoiar no desenvolvimento das ideias e na sua concretização em ligação com a Interface de Programação de Aplicações (API) da empresa. Deste modo, os participantes poderão reunir, programar e contactar mais diretamente com as equipas internas da Farfetch, bem como assistir a eventos e talks que lhes proporcionarão uma experiência ainda mais enriquecedora.

Os cinco projetos finalistas serão avaliados por um júri, de elementos internos e externos à empresa, que vão identificar os três vencedores, aos quais serão atribuídos prémios monetários num valor que ascende os 60 mil euros. Do lado da Farfetch, este júri conta com José Neves, CEO da empresa, Cipriano Sousa, CTO, Luis Teixeira, diretor-geral em Portugal e Ephraim Luft, CPO, e por elementos externos ainda a revelar.

O desafio, que começa agora com a fase de inscrições, culminará num evento no dia 20 de outubro, em que serão apresentados os projetos vencedores.

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 10 Novembro 2017

IT INSIGHT Nº 10 Novembro 2017

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!