Mais de metade das empresas planeiam investimento em BI com self-service

Segundo um estudo da Qlik, em parceria com a Forbes Insights, cerca de dois terços dos executivos acreditam que o self-service na análise de dados proporciona uma vantagem competitiva importante, e metade acredita que esta abordagem pode ajudar a revelar informações valiosas

Mais de metade das empresas planeiam investimento em BI com self-service

O estudo, que contou com a participação de 400 profissionais seniores do mundo dos negócios e das TI, demonstra a tendência das empresas pela adoção do ambiente de self-service. Mais de metade dos inquiridos afirmam que o seu ambiente de Business Intelligence apresenta um grau significativo ou muito significativo de elementos de self-service.

Paralelemante, os departamentos de TI e gestores de áreas de negócio mostram-se preocupados com aspetos relativos ao data governance, desde a sua segurança, à sua integridade e veracidade. Cerca de 20 por cento dos inquiridos afirmam que o aspeto mais desafiador para permitir o acesso self-service aos dados é a combinação de dados de diferentes fontes. Outro desafio chave é assegurar a segurança da informação, sublinhado por 14 por cento dos inquiridos. Segundo os participantes no estudo, para que um modelo de self-service tenha êxito precisa de ser um modelo de governança de dados eficaz, que não só preserve a segurança e integridade dos dados, mas que igualmente transmita a confiança aos utilizadores de que os seus conjuntos de dados são completos e precisos.     

“Recolher mais e mais dados não nos leva a melhores decisões”, afirma o Diretor de Business Intelligence da National Express, Frank Kozurek. “O verdadeiro BI fornece os utilizadores com ferramentas e capacidades de governação que lhes permita explorar os seus próprios dados, utilizando os conhecimentos que só eles têm devido a estarem em contacto direto com as necessidades da sua área de negócio. Conseguem obter toda a informação que quiserem, interagir e jogar com ela. O Business Intelligence que não é fundamentalmente de self-service não produz inteligência”.


Soluções de self-service e software de visualização de dados proporcionam uma nova imagem ao BI

Mais de metade dos inquiridos (54 por cento) afirmam que melhorar a visualização de dados é um imperativo estratégico; 40 por cento concordam que modelos de self-service para análise de dados criam uma vantagem competitiva significativa; e 53 por cento acreditam que o self-service permite aos utilizadores desenvolver uma análise mais visual. Em relação a como se cria valor dentro de uma estrutura de BI self-service, a maioria dos inquiridos sublinha melhorias em atividades como identificação de oportunidades de negócio (69 por cento), estabelecer preços de forma otimizada e dinâmica (65 por cento), ou a avaliação de produtividade (63 por cento).  

 

A formação sobre os dados é uma competência obrigatória

Cerca de 54 por cento dos executivos indicam que estão a criar um centro de excelência para melhorar o seu desempenho no modelo de self-service. Quase 3 em cada 4 inquiridos dizem que estão a dirigir os seus departamentos de TI para trabalharem em colaboração com as restantes áreas de negócio para expandir o acesso a mais formas de informação corporativas e externas. Outros 62 por cento concordam com a ideia de que os superiores diretos precisam de dar passos significativos na formação de gestão de dados.

 

Em direção a um ambiente de BI self-service

De acordo com o estudo, em aproximadamente um em cada quatro dos casos, os gestores séniores desempenham um papel chave na criação de um ambiente de self-service. Porém, para a maioria dos inquiridos (64 por cento), o que leva à adoção deste modelo é uma combinação da gestão de topo com iniciativas orgânicas de baixo para cima. No que respeita ao valor que está ser criado atualmente, as funções citadas mais frequentemente são finanças (67 por cento), vendas (61por cento), marketing (60 por cento), e compliance (60 por cento).

Tags
Notícias relacionadas

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 24 Março 2020

IT INSIGHT Nº 24 Março 2020

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.