Portugal não cumpre normas europeias sobre ataques a sistemas de informação

A Comissão Europeia denuncia que Portugal não aplica corretamente a legislação comunitária e abriu já um processo de infração

Portugal não cumpre normas europeias sobre ataques a sistemas de informação

Devido ao incumprimento das normas sobre ataques contra os sistemas de informação, Bruxelas deu dois meses a Portugal para resolver as lacunas na aplicação da Diretiva 2013/40/EU. Esta comunicação foi feita através de uma carta de notificação, revela a Agência Lusa.

A legislação em causa obriga a que os estados-membros reforcem a legislação nacional sobre cibercrime e introduzam sanções mais pesadas. A diretiva também obriga a que os estados-membros melhorem a cooperação entre as respetivas autoridades através de pontos de contacto operacionais, disponíveis 24 horas por dia, sete dias por semana.

A Comissão Europeia avaliou as legislações nacionais de transposição da diretiva e identificou problemas não apenas no país, mas também na Bulgária.

Portugal e Bulgária têm, então, dois meses para responder aos argumentos apresentados, caso contrário a Comissão Europeia pode seguir para a segunda etapa do processo de infração, com o envio de “pareceres fundamentados” aos países em incumprimento.

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 22 novembro 2019

IT INSIGHT Nº 22 novembro 2019

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.