Mais de metade das empresas considera a cibersegurança como uma prioridade

Num inquérito realizado pela Sophos a mais de cinco mil empresas concluiu que, no ano passado, 51% foi vítima de pelo menos um ataque de ransomware, com até dois ataques em grande parte dos casos

Mais de metade das empresas considera a cibersegurança como uma prioridade

A Sophos apresentou as principais conclusões de um inquérito independente que realizou a cinco mil responsáveis de TI, que revelou que 51% das empresas consideram prioritária a minimização do risco de ciberataques. De facto, 51% das empresas inquiridas também reconhece ter sofrido um ataque de ransomware durante o ano passado, embora na maioria dos casos até tenham sido dois ciberataques.

Os ciberataques são uma ameaça muito real para organizações de todas as dimensões, e infelizmente têm o potencial de criar uma perturbação tão grave que podem pôr em perigo a saúde das organizações, e podem mesmo deixá-las fora do mercado. Nunca foi tão importante como agora, para empresas de todos os tipos e dimensões, fazer da cibersegurança uma prioridade. Por outro lado, os custos potenciais de exposição e erro nunca foram tão elevados”, adverte Kris Hagerman, CEO da Sophos.

Os especialistas em cibersegurança da Sophos exploraram as ameaças de cibersegurança que mais presença têm, atualmente, em todo o mundo, sendo o ransomware o protagonista. Face a um panorama cada vez mais complexo e dinâmico, a Sophos aposta na sua estratégia “Sophos Evolve”, sob a qual oferece soluções e serviços de última geração, simples e adaptados.

A missão da Sophos é proteger as pessoas do cibercrime, desenvolvendo produtos e serviços poderosos e intuitivos que proporcionam a segurança mais eficaz do mundo para organizações de qualquer dimensão. Este é o compromisso da Sophos para com o mercado. Somos uma empresa de cibersegurança, não somos uma empresa de produtos de cibersegurança”, afirma Ricardo Maté, Diretor-Geral da Sophos Ibéria.

O responsável da Sophos em Portugal e Espanha partilha os resultados da empresa no mercado ibérico: registou-se um crescimento de 23% nos primeiros seis meses do ano fiscal de 2021 em comparação com o período anterior, o que oferece “um crescimento muito saudável que demonstra que as empresas confiam cada vez mais na Segurança Sincronizada da Sophos”, comenta Maté. A empresa está também a crescer em novos clientes, com um aumento de mais de 2.300 novos clientes por ano, e também a adicionar novos parceiros ao Canal ibérico, tendo já realizado transações com 720 parceiros este ano. Isto também se reflete no negócio dos serviços geridos (MSP), que cresceu 60% este ano.

A Sophos apresenta também as primeiras conclusões do “Threat Report 2021”, que a empresa elabora nos seus laboratórios SophosLabs, em conjunto com especialistas em deteção de ameaças, Inteligência Artificial e segurança Cloud. O relatório revela como os ataques de ransomware e as rápidas mudanças no comportamento dos cibercriminosos irão moldar o cenário das ciberameaças no próximo ano.

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 32 Julho 2021

IT INSIGHT Nº 32 Julho 2021

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.