Estratégias quânticas permitem manter integridade e segurança dos dados

A IBM lançou o “Security in the Quantum Era”, relatório que detalha passos para salvaguardar os dados na era quântica

Estratégias quânticas permitem manter integridade e segurança dos dados

De forma a manter a integridade e segurança de dados altamente sensíveis no futuro, é necessário apostar em estratégias “quantum-safe”, segundo indica o relatório “Security in the Quantum Era”, do IBM Institute for Business Value. O relatório traça um caminho sobre como as organizações podem trabalhar em todo o seu ecossistema para proteger dados de cibercriminosos que explorem o poder dos computadores quânticos.

No relatório, os peritos em segurança e criptografia da IBM fornecem ações sobre como as organizações podem preparar-se para potenciais ameaças quânticas, educando equipas sobre criptografia quântica, e sobre como é que as empresas podem identificar objetivos criptográficos de curto prazo e exequíveis; sobre como descobrir potenciais vulnerabilidades utilizando avaliações criptográficas de segurança quântica; como transformar operações através da realização de análises que podem detetar dependências criptográficas entre sistemas críticos de negócio que podem deixar os dados vulneráveis; e como observar o cenário de ameaças desenvolvendo um dashboard para promover a visibilidade e a observabilidade.

De acordo com os especialistas, “nos próximos anos, os protocolos generalizados de encriptação de dados, como os standards de criptografia de chaves públicas RSA e ECC, podem tornar-se vulneráveis. De facto, qualquer comunicação encriptada de forma clássica que possa ser roubada está em risco, potencialmente já exposta à exfiltração, com a intenção de recolher esses dados assim que as soluções de desencriptação quântica forem viáveis”.

Os dados relacionados com a segurança nacional, infraestruturas, registos médicos e capital intelectual podem manter ou aumentar o valor ao longo do tempo. Como tal, os cibercriminosos podem empregar estratégias de “recolher os dados agora , desencriptar depois” para roubar dados que poderão ser desencriptados assim que os computadores quânticos sejam mais generalizados. Além disso, a criptografia é usada para garantir redes de infraestruturas altamente complexas e críticas e ecossistemas digitais globais, que podem levar décadas a proteger contra ameaças quânticas.

Tags

NOTÍCIAS RELACIONADAS

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 41 Janeiro 2023

IT INSIGHT Nº 41 Janeiro 2023

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.