82% das PME admitem ciberameaças durante o período de compras sazonais

Uma grande maioria dos executivos de pequenas e médias empresas considera que os seus funcionários colocarão os dispositivos da empresa em risco durante as compras online típicas desta época do ano

82% das PME admitem ciberameaças durante o período de compras sazonais

Quase metade dos executivos inquiridos por um estudo da Zix-AppRiver não acreditam que os seus funcionários sejam capazes de se aperceber de uma ciberameaça disfarçada de um retalhista online.

A grande maioria, 82% dos inquiridos de PME americanas, acreditam que muitos dos seus funcionários vão usar os dispositivos do trabalho para fazerem compras online durante a época natalícia.

O Zix-AppRiver's Cyberthreat Index for Business foi desenvolvido em conjunto com a Centro para a Cibersegurança da Universidade de West Florida. Foram entrevistados mais de mil executivos C-level e decisores de IT de pequenas e médias empresas dos Estados Unidos. A amostra inclui as indústrias da tecnologia, retalho, telecomunicações, educação, consultoria, finanças e seguros.

61% dos inquiridos sabem que as compras online dos funcionários podem colocar em risco a informação do seu negócio e clientes, mas acreditam que não há muito a fazer para evitar esse risco. Cerca de 90% dos executivos creem que os seus funcionários vão fazer compras online através dos dispositivos da empresa, mas mais de 60% acreditam que não vão ser capazes de evitar esta prática.

As ameaças tornam-se mais prevalentes durante épocas festivas - como a Black Friday ou o Natal – já que os cibercriminosos se fazem passar por marcas populares, refere Jeff Pollard, analista e vice-presidente da Forrester, citado pela TechRepublic.

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 22 novembro 2019

IT INSIGHT Nº 22 novembro 2019

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.