Antecipar 2021 – Os sete pontos na agenda de um CIO visionário

CIONET Insights

Antecipar 2021 – Os sete pontos na agenda de um CIO visionário

Se 2020 foi um ano em que fomos gratos pela Internet e a digitalização para podermos lidar com os desafios com que nos confrontamos, quais serão os elementos que os CIO terão de considerar para lidar melhor com 2021?

Acelerar a resiliência organizacional

Em tempos de crise todos somos necessários para resolver os problemas. As organizações que sobrevivem em tempos difíceis desenvolvem a capacidade de delegar e tomar decisões rapidamente com base nas experiências da linha da frente. Em antecipação a uma nova crise: a organização tem de se tornar mais adepta de heurísticas e do improviso, o que a tornará mais resiliente e engenhosa – e mais capaz de lidar com níveis crescentes de incerteza.

Tornar a organização mais líquida

Uma organização líquida deve descobrir onde estão os fluxos de valor, nos quais o seu talento investe mais tempo. Um processamento líquido significa excelência operacional com base no foco, simplicidade, velocidade e disciplina, mas também processos líquidos (redução de complexidade), aprendizagem líquida (microaprendizagem), dados líquidos (auto-serviço) e infraestrutura líquida (serverless).

Apoiar o advento das Meaningful Technologies (DEI TECH)

A adoção de políticas de Diversidade, Equidade e Inclusão (DEI) como imperativos de negócio, com um número crescente de estratégias holís ticas em várias organizações que abordam preconceitos e desigualdades para melhorar o desempenho das empresas e dos funcionários. Os CIO desempenham um papel crítico como parceiro estratégico ao desenhar, desenvolver e executar soluções tecnológicas para enfrentar os desafios cada vez mais complexos de DEI. Em 2021, esperamos que as empresas adotem novas ferramentas que incorporam análises avançadas, automação e IA incluindo NLP e ML, para ajudar a informar, entregar, e medir o impacto das DEI.

Adaptar o core a mudanças de negócio

Modernizar sistemas core legados e migrá-los para a cloud vai ajudar a libertar o potencial digital das organizações. Alguns CIO estão a explorar oportunidades para mudar os principais ativos para plataformas, incluindo com opções de low-code. Num clima de negócio definido pela incerteza histórica, estas abordagens inovadoras podem extrair mais valor dos principais ativos legados, e podem em breve tornar-se o padrão de transformação digital de cada CIO.

Antecipar a estratégia de declínio e o declínio da estratégia

Muitos CEO apoiam-se no conselho de CIO sobre quais as tecnologias de deteção e tendências de declínio de mercado para definir estratégia de declínio e adotar novas estratégias de crescimento. Ao mesmo tempo, o modelo de desenvolvimento de estratégia como o conhecemos está a mudar profundamente, os elementos que tínhamos como certos na execução da estratégia de uma empresa são agora ultrapassados por abordagens alavancadas por tecnologia, como é o caso de plataformas (Big Tech) que desafiam indústrias tradicionais (Banca, Farma), bem como temos startups que desafiam vários players com os seus modelos de desintermediação.

Dar espaço ao improvável

2021 será um ano mais aberto a abordagens que tenham em conta o impacto prático das transformações e inovações disruptivas no desenvolvimento sistémico, organizacional e humano. Os CxO irão promover discussões interativas e aprofundadas baseadas em desafios do mundo real, e cenários possíveis ao conectar e partilhar ideias e experiências sobre inovação e competências de liderança de próxima geração.

Apoiar a construção de "garra" organizacional"

Para ajudarem a construir esta “garra” organizacional, os CIO estão a construir equipas mais corajosas, objetivas e com maior clareza de prioridades. Garra organizacional significa paixão comum, uma cultura aberta e corajosa para lidar com novos desafios. Um bom exemplo é uma cultura em que “colocar os clientes em primeiro lugar” é o estado natural, em vez de gerir políticas e tricas internas. Cultivar a abertura e coragem significa estabelecer expetativas altas. Ou seja, dotar as equipas de recursos, suporte e confiança de que os colaboradores precisam para continuar a aprender e crescer; e estabelecer normas relacionais fortes que promovam esses objetivos. 

 
Tags

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 30 março 2021

IT INSIGHT Nº 30 março 2021

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.