Apple corta previsões de vendas do iPhone

Não é comum, mas a Apple cortou as suas previsões de vendas do iPhone para o trimestre. As fracas vendas do dispositivo na China são um dos principais motivos para esta revisão

Apple corta previsões de vendas do iPhone

Tim Cook, CEO da Apple, reduziu as previsões de vendas do iPhone para o trimestre. A principal causa, segundo o diretor executivo da empresa, são as vendas do smartphone na China. De relembrar que as relações comerciais entre China e Estados Unidos estão instáveis. A notícia fez com que as ações da Apple tenham descido cerca de 7%.

A queda da receita no quarto e último trimestre de 2018 mostra que a desaceleração económica na China tem sido mais acentuada do que muitos esperavam, forçando várias empresas a reajustar os seus planos no mercado em questão.

Numa carta aos investidores, o CEO da Apple explicou que enquanto a empresa “antecipou desafios em mercados emergentes chave, não previmos a magnitude da desaceleração económica, particularmente na China”.

Por outro lado, alguns analistas questionaram o impacto das ações da própria Apple, como o preço elevado dos seus produtos. Segundo indica a Reuters, as vendas da Apple na China não têm sido particularmente positivas há alguns trimestres e uma das principais razões é o preço que ultrapassa os mil dólares em variadíssimos casos.

Tags

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 18 Março 2019

IT INSIGHT Nº 18 Março 2019

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.