Altitude: A tecnologia não vai substituir as pessoas nos contact centers

A Altitude marcou presença no Painel “O que podemos esperar dos Centros Contacto no Futuro Próximo” organizado pela Associação Portuguesa de Contact Centers, no âmbito da sua 14ª Conferência Internacional

Altitude: A tecnologia não vai substituir as pessoas nos contact centers

“A tecnologia não vai substituir as pessoas. Vai potenciá-las para prestarem serviços de alto valor acrescentado que realmente fidelizam e conquistam os clientes”. Esta frase, dita por Alfredo Redondo, CEO da Altitude, fornecedor global de soluções omnicanal para uma experiência cliente de excelência, ficou a marcar o Painel sobre Tecnologia organizado pela APCC (Associação Portuguesa de Contact Centers) no âmbito da sua 14ª Conferência Internacional, no passado dia 4 de Junho, no Estoril.

O Painel com o tema “O que podemos esperar dos Centros Contacto no Futuro Próximo” juntou vários fornecedores de tecnologia presentes no mercado português. No ano em que cumpre 25 anos de existência, a Altitude trouxe a um público de decisores deste sector em franco crescimento em Portugal, uma visão da tecnologia como extensão do humano, permitindo aos agentes focarem-se nas questões mais complexas, apoiados por conhecimento real e por robots e processos automatizados.

Esta mesma tecnologia está a fazer progredir a compreensão da evolução das necessidades e preferências de cada cliente, juntando as peças da sua “jornada”, na sua relação com a sua marca. Objetivo: prestar um serviço unificado, em tempo real, que junta bots e processos automatizados; apps; agentes do centro de contacto e especialistas da empresa, na missão de satisfazer o cliente e fazer crescer sustentadamente o negócio.

De referir igualmente a intervenção da Ventrica - empresa de prestação de serviços de centro de contacto assente na plataforma Altitude – que mapeou os desafios dos centros de contacto atuais face à transformação digital das sociedades e dos hábitos das pessoas num mercado avançado como o do Reino Unido. Para Dino Forte, Diretor-geral da Ventrica “A velocidade a que o panorama das interações com os clientes está a mudar é assustadora e estimulante. Qualquer que seja o negócio, a capacidade para prestar um bom serviço no meio desta transformação será decisiva para reter clientes e aumentar as vendas de forma sustentável”

Raquel Serradilla, Vice-Presidente para a Europa do Sul na Altitude refere “Patrocinamos esta Conferência desde a primeira edição, num sector que tem tido um desenvolvimento impressionante, com uma importância crescente na economia, e que emprega já 1,6% da população ativa. A Altitude tem um papel estruturante neste sector, com iniciativas de incentivo à excelência como os Prémios Fortius, e com uma política de apoio à formação, profissionalização e evolução do sector”.

Tags

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 15 Outubro 2018

IT INSIGHT Nº 15 Outubro 2018

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.