Empresas portuguesas já podem pedir selo da maturidade digital

Esta certificação digital é um dos dinamizadores da transição digital do país e consta no Plano de Recuperação e Resiliência

Empresas portuguesas já podem pedir selo da maturidade digital

Aumentar a confiança, a segurança, a privacidade e a acessibilidade entre os cidadãos e as empresas é o princípio do Modelo Nacional de Certificação da Maturidade Digital discutido esta semana, no evento organizado pela Imprensa Nacional-Casa da Moeda e a Estrutura de Missão Portugal Digital.

Contando com a presença do Ministro de Estado, da Economia e Transição Digital, Pedro Siza Vieira, e da Ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, o evento demonstrou como os selos de maturidade digital promovem ganhos de eficiência nas organizações que certificam, melhoram a relação com os seus consumidores e impulsionam a transição digital das empresas.

A atribuição dos selos de maturidade digital é uma das medidas que consta do Plano de Recuperação e Resiliência e um dos catalisadores do Plano de Ação para a Transição Digital do país, reconhecendo a adoção de soluções e práticas digitais nas instituições e empresas nacionais.

Do combate ao cibercrime à dinamização da competitividade do tecido empresarial português, esta certificação digital inclui quatro dimensões: sustentabilidade, cibersegurança, privacidade e acessibilidade. Para além disso, reconhece, via a emissão de selos, três níveis de maturidade digital: bronze, prata e ouro, de acordo com os requisitos do Instituto Português de Qualidade (IPQ) e do Instituto Português de Acreditação (IPAC).

A Plataforma de Certificação foi também apresentada esta semana e já está disponível para todas as organizações que quiserem saber como podem ser certificadas e acompanhar o seu processo.

As empresas Cycloid, Sisqual e SportTV são as primeiras empresas certificadas com o selo de cibersegurança e tiveram a oportunidade de esclarecer, no evento desta tarde, a experiência e os impactos que sentiram nas suas organizações.

A emissão dos selos é coordenada pela Imprensa Nacional-Casa da Moeda e a iniciativa conta com o envolvimento da Direção-Geral das Atividades Económicas, do Centro Nacional de Cibersegurança, da Comissão Nacional da Proteção de Dados, da Agência para a Modernização Administrativa e do GeSI.

Mais informações no site dos Selos de Maturidade Digital.

Tags

NOTÍCIAS RELACIONADAS

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 49 Maio 2024

IT INSIGHT Nº 49 Maio 2024

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.