AI Digest - Maio de 2024

AI Digest, um resumo do que mais importante está a acontecer no campo da Inteligência

AI Digest - Maio de 2024

Estrelas de Hollywood Ganham Gémeos Digitais com o CAA Vault

A Creative Artists Agency (CAA), sediada em Los Angeles, uma das principais agências de talentos do mundo, está a mergulhar de cabeça na revolução da IA com a sua iniciativa “CAA Vault”. Este projeto utiliza tecnologia de IA generativa para criar réplicas digitais de atores de primeira linha. Imagine-se, por exemplo, o rosto de Ryan Gosling num duplo, ou a voz de Scarlett Johansson na dobragem de um filme originalmente noutro idioma.

A CAA associou-se a empresas de IA para digitalizar os atributos físicos e vozes dos seus clientes, gerando cópias digitais muito realistas. Estes “clones de IA”podem ser usados para vários fins, incluindo refilmar cenas, dobrar em diferentes idiomas e até sobrepor os rostos dos atores em duplos. A visão da agência estende-se para além da própria clientela. A CAA pretende, eventualmente, tornar tal tecnologia acessível a toda a indústria cinematográfica. Esta iniciativa surge numa altura em que Hollywood está a lidar com o potencial impacto da IA. O realizador Tyler Perry chegou mesmo a suspender expansões de estúdios depois de testemunhar as capacidades de ferramentas de IA como o Sora da OpenAI.

Embora as preocupações em torno das implicações da IA persistam, a abordagem proativa da CAA procura capacitar atores e estúdios para abraçarem um panorama de media em mudança. À medida que os modelos de IA se tornam cada vez mais sofisticados, a linha entre o real e o digital pode tornar-se ténue, deixando o público a questionar-se se está a ver Ryan Gosling ou um qualquer seu duplo de AI.


Relatório da Universidade de Stanford Revela: IA Supera Capacidade Humanas em Tarefas Chave

A Universidade de Stanford lançou o seu relatório relativo ao estado da IA, que acompanha as tendências mundiais na área, revelando que a IA ultrapassou o desempenho de nível humano num grande número de benchmarks significativos.

Modelos de IA excedem o desempenho humano em benchmarks de tarefas como classificação de imagens, compreensão de leitura, raciocínio visual e muito mais. Muitos benchmarks tornaram-se obsoletos devido à aceleração proporcionada pelos mais recentes modelos, com os investigadores a apressarem-se a desenvolver mais testes para medir as capacidades dos novos participantes nesta corrida.

Os modelos de código fechado ainda lideram (por enquanto), com a indústria de IA dominada por grandes intervenientes devido ao enorme aumento dos custos de treino, suscitados pela abrangência dos novos modelos. Os LLM também estão a tornar-se mais factuais e menos propensos a “alucinações”.

A parte mais impressionante deste relatório é que nem sequer cobre 2024, que já viu grandes avanços em modelos como Claude 3 e Llama 3. Com tal rapidez de evolução, cada ano será, provavelmente, mais frenético que o anterior — quer o mundo esteja, na realidade, pronto ou não.


GPT-4 Quase ao Nível de Oftalmologistas Especialistas, Revela Estudo

Um novo estudo da Universidade de Cambridge mostra que o modelo GPT-4 da OpenAI tem um desempenho próximo do de oftalmologistas especialistas na análise de condições oculares e na sugestão de tratamentos.

Os modelos GPT-4, GPT-3.5, PaLM 2 e LLaMA, paralelamente com oftalmologistas especialistas e estagiários foram testados em 87 questões de escolha múltipla. O GPT-4 obteve uma pontuação de 60/87, superior à pontuação média dos estagiários (59,7) e dos médicos juniores (37), mas ligeiramente inferior à média dos especialistas, que foi de 66,4.

Embora o estudo tenha sido publicado recentemente, os testes ocorreram em meados de 2023, o que significa que as capacidades dos LLM disponíveis agora já excedem os modelos usados.

O GPT-4 já está a ter um desempenho próximo do nível médio de um oftalmologista. Com avanços adicionais nos LLM, as capacidades só serão tenderão a melhorar, aumentando de forma muito significativa o acesso a cuidados de saúde especializados — em particular em ambientes onde o número de especialistas disponíveis pode ser limitado (ou, até, inexistente).

 

Coligido por Henrique Carreiro

Ilustrações de Teresa Rodrigues com o DALL-E

Tags

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 49 Maio 2024

IT INSIGHT Nº 49 Maio 2024

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.