55% das empresas europeias vão migrar para a cloud até ao final de 2023

Na Europa, os gastos com serviços de nuvem pública vão atingir 142 mil milhões de dólares este ano e aumentar para 291 mil milhões de dólares em 2027, prevê a IDC

55% das empresas europeias vão migrar para a cloud até ao final de 2023

Segundo a IDC, os gastos em serviços de nuvem pública na Europa vão atingir 142 mil milhões de dólares este ano e ascender a 291 mil milhões de dólares em 2027, representando uma taxa composta de crescimento anual (CAGR) de 20% no período de 2022 a 2027. A maioria dos gastos serão com o software como serviço (SaaS), mas a plataforma como serviço (PaaS) é a área com crescimento mais rápido.

No guia de gastos globais em software e serviços de cloud pública, a IDC verificou que, ao longo de 2023, a Europa enfrentou desafios macroeconómicos, como a inflação elevada na zona euro e no Reino Unido, riscos de crise bancária nos EUA e despedimentos em massa no setor tecnológico. As empresas europeias, porém, irão continuar a migrar para a cloud, com 55% até ao final do ano, não esperando que este investimento receba cortes orçamentais de Tecnologia de Informação (TI). Isto é motivado sobretudo pela melhoria da produtividade do pessoal de TI e da segurança dos dados, bem como pela automatização alimentada por IA, particularmente pela Inteligência Artificial (IA) Generativa.

“A inflação continua elevada, o custo de vida está a afetar a sensibilidade dos consumidores aos preços e as empresas querem reduzir custos para evitar problemas financeiros”, afirma Andrea Minonne, gestora de investigação do IDC no Reino Unido. “Embora as perspetivas de TI sejam menos favoráveis do que o previsto anteriormente e os clientes enfrentem aumentos de preços relacionados ao uso da nuvem, a migração para a nuvem continua à medida que a tecnologia é vista como uma forma de aumentar a eficiência e otimizar custos, indo contra as probabilidades de um mercado desfavorável”.

Este ano, os setores com gastos mais elevados em nuvem pública são o retalho, a banca e telecomunicações, com 26% do valor total de mercado. As previsões da IDC projetam que, em especial, as empresas de telecomunicações irão investir fortemente na cloud pública no próximo ano, sendo um dos setores com maiores gastos, a par das ciências biológicas, os serviços públicos e os cuidados de saúde.

O software e os serviços de informação verificarão o maior crescimento CAGR nas indústrias europeias, com 27% entre 2022 e 2027. O setor registou um menor crescimento das receitas empresariais, demissões em massa de funcionários e custos mais elevados de infraestrutura, levando a um maior investimento em cloud para automatização de tarefas onde há menos pessoal e para aumentar a produtividade.

Tags

NOTÍCIAS RELACIONADAS

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 45 Setembro 2023

IT INSIGHT Nº 45 Setembro 2023

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.