DPO Consulting e Associação Empresarial de Portugal realizam formação para DPO

A DPO Consulting e a Associação Empresarial de Portugal (AEP) estão a trabalhar em conjunto numa formação em DPO- Data Protection Officer, com o objetivo de capacitar as empresas para o exercício e assunção do cargo de Encarregado de Proteção de Dados (DPO)

DPO Consulting e Associação Empresarial de Portugal realizam formação para DPO

A ação de formação conta já com mais de 130 profissionais participantes inscritos, número que levou à lotação esgotada das três primeiras ações de formação superando assim as expetativas dos seus impulsionadores. Assim, haverá ainda lugar à realização de uma quarta ação, a qual terá lugar entre dias 13 de abril a 19 de maio. Estas sessões terão lugar na sede da AEP, em Leça da Palmeira, Matosinhos.

O Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados (RGPD) já em vigor e de aplicação com enforcement a partir do próximo dia 25 de maio de 2018 em todo o território Europeu, tem como objetivo principal, a definição de um novo regime jurídico da proteção das pessoas singulares, no que diz respeito ao tratamento de Dados Pessoais e à Livre Circulação desses Dados. O novo quadro legal traz mudanças significativas que terão diferente impacto na vida das organizações, consoante a sua natureza, área de atividade, dimensão e tipo de tratamentos de dados pessoais que realizem.

A formação ministrada terá uma elevada componente prática transmitida por formadores certificados e profissionais da área, sendo direcionada para todos os interlocutores potencialmente envolvidos na gestão de dados, nomeadamente futuros DPOs, Diretores de Informática, Administrativos, Jurídicos, Marketing, Recursos Humanos e Qualidade, entre outros.

“O Futuro Digital da Europa tem de ser construído com base na confiança dos cidadãos. Através do RGPD, os titulares dos dados pessoais têm a garantia de poderem controlar melhor o acesso à sua informação pessoal. O RGPD vem dar a oportunidade às pessoas, titulares de dados pessoais, de fruírem de todos os serviços e oportunidades proporcionadas pelo mercado único digital. Devemos ver o RGPD mais como uma oportunidade reforçada de defesa da privacidade de cada um e dos respetivos dados pessoais, mais do que um entrave à Economia”, afirma Elsa Veloso, advogada, encarregada de Proteção de Dados, Certified Information Privacy Professional Europe e CEO da DPO Consulting.

Tags

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 12 Março 2018

IT INSIGHT Nº 12 Março 2018

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!