Gestão de dados: de tendência a necessidade

O Instituto Internacional de Analítica prevê que até 2020, as empresas que utilizem os seus dados de forma eficaz consigam obter cerca de 400 mil milhões de euros em receitas, face às que não sejam capazes de o fazer. Mas que tendências moldarão a gestão de dados ao longo deste ano?

Gestão de dados: de tendência a necessidade

Para a Commvault, o armazenamento software-defined é uma verdadeira tendência que estará por todo o lado durante os próximos meses. Este modelo já demonstrou que consegue reduzir os gastos em hardware tradicional, ao mesmo tempo que proporciona o rendimento e escalabilidade necessários para Big Data, repositórios digitais, backup e outras workloads digitais de grande envergadura.

Com o armazenamento software-defined, as empresas podem evitar a dependência face a um fabricante, incrementar o uso da cloud e implementar novas aplicações e serviços mais rapidamente, o que lhes dará uma vantagem competitiva significativa na economia digital atual. A Commvault acredita também que haverá uma oportunidade de aproveitar esta tecnologia para indexar e extrair valor dos dados, que vai além de proporcionar uma forma mais económica de armazenamento.

Gestão inteligente dos dados não será um luxo, mas uma necessidade

As empresas vão implementar tecnologias inteligentes de gestão da informação, já que cada vez é mais claro que as soluções tradicionais não são capazes de satisfazer a crescente necessidade de uma plataforma capaz de gerir a interação entre os seus diferentes volumes de dados, de proteger de forma transparente a informação e de assegurar o cumprimento com a nova normativa europeia.

A gestão inteligente da informação permite automatizar o acesso, a transferência e a sincronização entre dezenas de aplicações, bases de dados e outros volumes de dados– uma automatização que é imprescindível se as empresas não quiserem que os seus custos de administração de TI disparem e que os seus processos de negócio abrandem.

Além disso, é necessária para eliminar tarefas e operações de proteção manuais, fazendo-o de forma transparente, contínua e automática.

Uma proteção de dados inteligente também é fundamental, para proporcionar às empresas o potencial e visibilidade de que necessitam para se assegurar de que todos os seus dados são governados de forma a cumprir a nova normativa europeia GDPR. Este ano as empresas serão forçadas a perceber, de uma vez por todas, que a gestão inteligente dos dados não é um luxo, mas uma necessidade.

Ransomware é assunto sério

O ransomware foi indicado por vários especialistas de segurança como a a ameaça que mais cresceu nos últimos anos. As empresas vão começar, finalmente, a levar o ransomware mais a sério e a implementar formas de identificar rapidamente conteúdo comprometido e automatizar a sua recuperação. O ransomware já mostrou ser uma das formas mais eficazes de se infiltrar numa organização, e os cibercriminosos estão cada vez melhores a introduzir vírus em inocentes ficheiros anexos a mensagens de e-mail.

As empresas necessitam de saber classificar, separar e esconder os seus dados para reduzir o risco de que caiam em mãos alheias e se percam para sempre. A estratégia de gestão de dados de uma empresa deve decidir-se a nível diretivo, em conjunto com a estratégia de segurança, com o objetivo de manter os dados críticos fora do alcance dos cibercriminosos.

Modelos de custo na cloud

O aumento na hibridação dos data centers também aumenta o fluxo e refluxo dos dados que se movem entre a cloud e as instalações on premises. Os sistemas de custos atuais não foram desenvolvidos tendo em conta este nível de transferência de informação entre diferentes localizações. À medida que as empresas adotam cada vez mais ambientes de infraestrutura híbrida, os modelos de preços atuais para mover dados de um lado para o outro estão a tornar-se insustentáveis. Durante os próximos meses, estes padrões de preços terão que ser ajustados, ou os fornecedores atuais de serviços na cloud arriscam a ver a sua quota de mercado a ser-lhes roubada pela concorrência, adverte a Commvault.

A Commvault sublinha ainda que, à medida que as empresas implementarem novas tecnologias e mais serviços na cloud, os vendedores de soluções pontuais perderão mercado em favor de fornecedores que ofereçam plataformas de gestão de dados potentes que simplifiquem e automatizem a gestão de uma informação cada vez mais complexa.

Tags

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 11 Dezembro 2017

IT INSIGHT Nº 11 Dezembro 2017

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!