Branded Content

Smart Living

Devido à rápida evolução das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), resultante da globalização e do novo conceito de mobilidade, a sociedade atual encontra-se cada vez mais conetada, não só pelo aparecimento e evolução dos dispositivos móveis mas também pelas redes sociais.

Smart Living

É desta forma que surge o conceito de Smart Living que assenta nos seguintes pilares:

  • Governação
  • Inovação
  • Sustentabilidade
  • Inclusão
  • Integração

Recorrendo a Automação, IoT, AI e até assistentes de voz, atualmente é possível responder a algumas necessidades básicas ou mesmo a pedidos mais complexos.

Toda a inovação, pesquisa e desenvolvimento na área do IoT promove a criação de um ecossistema particularmente dinâmico.

Ao conetar dispositivos e tecnologias inteligentes que garantem o acesso aos dados que necessitamos para viver o nosso dia-a-dia de forma mais eficiente, a IoT atua como uma rede de dispositivos com a tecnologia incorporada que permite a sua monitorização.

Utilizando os sistemas de rede existentes, os dispositivos conetados permitem aos utilizadores aceder, monitorizar e controlar desde algo tão pequeno como um micro dispositivo de monitorização cardíaca, a veículos ou sistemas de AVAC instalados em edifícios, através dos seus computadores, tablets ou smartphones independentemente da distância geográfica a que se encontra o utilizador.

Para esta gestão e através de uma conexão segura com a internet, os utilizadores apenas necessitam de efetuar a instalação de uma aplicação ou em alguns casos, aceder apenas a um URL que permite o acesso ao sistema que gere todos os dispositivos IoT.

Todos os dados recolhidos são enviados e armazenados em um sistema centralizado que efetua uma análise dos mesmos. É possível efetuar a sua consulta ou criar tarefas que através de mecanismos de automação são executadas num período definido, permitindo desta forma uma utilização mais eficiente com base em dados reais e atualizados.

Esta crescente evolução tecnológica no dia-a-dia das pessoas, casas, escritórios, fábricas, hospitais e cidades vai requerer uma integração ubíqua, sempre com recurso às melhores tecnologias de conetividade, de virtualização e aplicacional.

É nesta área que o grupo Informantem se destaca, oferecendo no seu portfólio produtos e soluções que garantem não só a mobilidade dos utilizadores com uma vasta oferta de dispositivos, como também a sua conetividade de rede segura independentemente da sua localização geográfica, bem como soluções de software de monitorização de dispositivos IoT e analítica com soluções especificas para o segmento hospitalar mas também para os outros segmentos do mercado.

Um elemento fundamental para o sucesso desta evolução, é a implementação do centro de gestão operacional, pois é o primeiro passo necessário para a integração de um conjunto de verticais, permitindo assim a análise e a correlação de dados, tornando os dispositivos cada vez mais eficientes. Um outro elemento decisivo é o desenvolvimento de aplicações que suportam os verticais e que permitem a sua integração no contexto de uma optimização e melhoria dos dispositivos IoT.

Desta forma podemos beneficiar de uma redução de custos, tempo e gastos energéticos, permitindo aos utilizadores dedicarem mais tempo para outras tarefas mais relevantes.

Por exemplo; uma entidade municipal conseguirá medir os níveis de poluição e de tráfego ao longo do dia e desta forma, poderá tomar as medidas necessárias para reduzir os problemas de saúde relacionados à poluição.

Os hospitais poderão prevenir a propagação de infeções, gerir seus dispositivos médicos e também manter um controlo mais exato sobre os seus inventários em tempo real.

Também no setor dos transportes, os motoristas poderão utilizar os dados de tráfego de entrada para planear as viagens e prever atrasos nos percursos.

A um nível menor, e em contexto doméstico, a adoção de dispositivos IoT levou a que os proprietários possam agora trancar ou destrancar as portas à distância, visualizar e tirar fotos de quem se desloque à casa através do seu smartphone ou criar um esquema de automação, em que é possível controlar os seus dispositivos conectados com o simples clique de um botão inclusive mesmo, quando no conforto do seu sofá. Seja para automatizar os interruptores de luz, ou mesmo para controlar a temperatura, o Smart Living permite não só a redução de custos através da maior eficiência energética, mas também o uso mais consciente dos recursos naturais.

Com tudo isto, podemos dizer que os dispositivos IoT estão cada vez mais presentes no nosso dia-a-dia, tornando assim o Smart Living cada vez mais parte do nosso mundo.

Keep IT Simple

 

Conteúdo co-produzido pela MediaNext e pela Informantem

Tags

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 28 Novembro 2020

IT INSIGHT Nº 28 Novembro 2020

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.