Microsoft confirma data breach de 250 milhões de clientes

A Microsoft admitiu que 250 milhões de registos do serviço de apoio ao cliente foram expostos pela Microsoft numa base de dados na cloud não segura durante o ano novo

Microsoft confirma data breach de 250 milhões de clientes

A Microsoft está no centro de uma violação de dados que expôs os registos de atendimento e suporte ao cliente de 250 milhões de pessoas. Alguns dos registos expostos datam de 2005 e a Microsoft admitiu que deveria receber a culpa pelos cinco servidores Elasticsearch quando foram feitas alterações no grupo de segurança de rede do banco de dados a 5 de dezembro de 2019.

De relembrar que a Microsoft já sofreu outras violações de dados. Em 2017, por exemplo, foi revelado que uma violação dos sistemas internos da Microsoft em 2013 era mais extensa do que a empresa tinha admitido na altura, dando aos hackers acesso a um repositório secreto de bugs de software que poderiam ter sido usados para invadir os sistemas de outros utilizadores ou organizações.

Em fevereiro de 2013, a Microsoft reconheceu que tinha sido invadida por um grupo que também tinha como alvo empresas como Apple, Facebook e Twitter. Na altura, descreveu o incidente apenas como tendo afetado apenas um “pequeno número de computadores” e como não tendo afetado os dados dos consumidores.

Em abril de 2019, a Microsoft confirmou que os hackers tinham como alvo um número não especificado de contas de email online dos utilizadores nos serviços Outlook, Hotmail e MSN por um período de três meses após invadir uma conta de suporte ao cliente.

A mais recente violação foi descoberta por investigadores da Comparitech durante o ano novo, quando a tecnológica expôs quase 250 milhões de registos de suporte ao cliente.

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 23 janeiro 2020

IT INSIGHT Nº 23 janeiro 2020

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.