Menos de 50% das organizações estão preparadas para ciberataques

Apenas 49% dos CISO e outros executivos seniores estão confiantes de que a sua organização pode lidar com um incidente de hacking ou de violação de dados

Menos de 50% das organizações estão preparadas para ciberataques

O Cyber Trendscape 2020, relatório realizado pela FireEye, afirma que 49% dos CISO e de outros executivos de topo acredita que a sua organização está totalmente preparada para enfrentar um ciberataque.

As organizações norte-americanas são as mais confiantes de que conseguem responder de acordo a um ciberataque, onde 72% dos inquiridos a dizer que a sua organização tem toda a capacidade para responder a uma ameaça cibernética. Em contraste, apenas 25% das organizações japonesas estão totalmente preparadas para uma violação de dados.

Um pequeno número de organizações (4%) acredita que não está, de todo, preparada para enfrentar um ciberataque. Ainda que o número não seja muito alto, o relatório alerta que isto significa que uma em cada 25 organizações mundiais não está preparada para enfrentar estas ameaças.

O phishing é considerado como um dos tipos de ataque com maior probabilidade para uma violação de dados, com um em cada cinco dos CISO inquiridos a afirmar que o phishing direcionado é a atividade maliciosa mais provável que pode levar a um incidente de segurança. O malware também é visto como uma grande ameaça para as organizações, com cerca de 20% a acreditar que é a causa mais provável de violação de dados.

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 22 novembro 2019

IT INSIGHT Nº 22 novembro 2019

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.