Empresas despedem menos executivos de IT após incidentes de segurança

Enquanto em 2018 31% das empresas tomavam esta decisão, em 2021, apenas 21% o fizeram.

Empresas despedem menos executivos de IT após incidentes de segurança

Num ambiente de cibersegurança desafiante, a procura de talento em cibersegurança continua elevada, mas a escassa oferta de profissionais com as competências pretendidas, também, permanece um desafio para as organizações. Da mesma forma, a retenção de talento é fundamental para as empresas e, segundo um estudo da Kaspersky – IT Security Economics 2021: Managing the trend of growing IT complexity – há mudanças na forma como as organizações respondem a falhas de cibersegurança do ponto de vista dos recursos humanos – menos empresas estão a despedir os funcionários no seguimento de violações de dados. Enquanto em 2018 31% das empresas tomavam esta decisão, em 2021, apenas 21% o fizeram.

No ano passado, foi reduzido para quase metade o número de organizações que despediram colaboradores de IT de alto nível (7%) e de alto nível de segurança de IT (8%), após um incidente grave. Além disso, a tipologia dos funcionários que podem perder os empregos como consequência de uma violação da cibersegurança também mudou. Além dos cargos de segurança de IT e de segurança informática, as probabilidades de despedimentos entre gestores de equipas também reduziram 4% em 2021.

"A consolidação do teletrabalho e processos remotos aumentou a pressão sobre o setor da segurança da informação. Com o aumento da procura de empregos em cibersegurança e uma oferta escassa de profissionais qualificados, as empresas estão a perceber o valor dos seus executivos de segurança sénior e a necessidade de colmatar a lacuna de talento", afirma Evgeniya Naumova, Vice-Presidente Executiva de Corporate Business na Kaspersky.

Adicionalmente, a vontade de reter o talento e cultivar o espírito de aprendizagem tem-se vindo a refletir nos orçamentos das empresas e 38% das empresas assinalam a necessidade de melhorar o nível de conhecimentos especializados em segurança como a principal razão para aumentar o seu orçamento de segurança de IT. Contudo, por outro lado, o aumento dos investimentos reflete, também, um aumento de complexidade das infraestruturas de IT (47%). Além disso, ao investir em especialistas internos, as organizações estão tencionam reter conhecimentos para que possam alavancar as suas competências no futuro.

Tags

NOTÍCIAS RELACIONADAS

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 35 Janeiro 2022

IT INSIGHT Nº 35 Janeiro 2022

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.