Centro Nacional de Cibersegurança sensibiliza partidos políticos

Com as eleições legislativas de outubro em vista, o Centro Nacional de Cibersegurança (CNCS) planeia fazer ações de sensibilização em cibersegurança junto dos partidos

Centro Nacional de Cibersegurança sensibiliza partidos políticos

Durante a campanha e no dia das eleições legislativas de outubro, o Centro Nacional de Cibersegurança poderá também ser um ator importante.  O organismo propõe-se a ajudar os partidos políticos concorrentes a estas eleições a mitigarem eventuais ataques.

Em anos anteriores já houve um dispositivo montado - uma “sala de situação e acompanhamento” - e repete-se agora, no dia das eleições, a 6 de outubro. A ideia é dar uma resposta a rápida a potenciais incidentes e ataques cibernéticos.

Serão feitas ações de sensibilização junto de deputados, responsáveis de campanha dos partidos e ainda junto dos cidadãos, nas redes sociais, com vista a combater a desinformação. Deverá também ser distribuído um manual de boas práticas em cibersegurança.

Do que já foi testado, e durante as eleições europeias de maio, o CNCS não registou incidentes de cibersegurança durante o ato eleitoral. Apesar disso, o governo reconhece que Portugal está vulnerável a estes ataques.

A operação do CNCS é feita em articulação com a Comissão Nacional de Eleições.

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 26 Julho 2020

IT INSIGHT Nº 26 Julho 2020

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.