Blockchain ajuda a proteger as operações das centrais elétricas

O Departamento da Energia dos EUA iniciou recentemente a segunda fase de um projeto que testa aplicações com base em tecnologias como blockchain para salvaguardar a fiabilidade e cibersegurança das centrais de energia elétrica modernas

Blockchain ajuda a proteger as operações das centrais elétricas

No nível tecnológico atual das centrais de energia elétrica, deter informações precisas sobre o status das suas operações é fundamental para a segurança da rede elétrica. Por exemplo, um método comum de ciberataque envolve o comprometimento do sistema de modo a que este aparente estar operacional, quando na verdade foi desativado pelos hackers, deixando milhões sem energia. Este tipo de ciberataque atingiu uma central de energia na Ucrânia em 2016, causando quebras de energia durante os meses de inverno. 

As aplicações a serem desenvolvidas neste projeto do Laboratório Nacional de Tecnologia de Energia (NETL, na sigla em inglês) do Departamento de Energia dos EUA (DOE, na sigla em inglês) têm o potencial de prevenir estes ataques, impedindo que agentes maliciosos alterem as informações operacionais da fábrica.

Recentemente na sua segunda fase, este projeto de segurança de rede elétrica com a empresa Taekion (anteriormente conhecida como Grid7), visa prevenir ciberataques em centrais de energia com recurso a aplicações de segurança experimentais, algumas das quais incluem tecnologia blockchain.

De forma simplificada, as cadeias de blockchain podem ser vistas como ledger - registos que as pessoas usam há vários anos para documentar vendas e outras transações. Cada pedaço de informação (por exemplo, uma venda) é armazenado num bloco que está vinculado ao próximo. Um ponto forte das tecnologias blockchain é que este ledger não é armazenado num local centralizado, mas sim em vários locais. Além disto, há necessariamente sempre consenso da grande maioria das partes sobre o conteúdo dentro de uma cadeia de blockchain.

Nesta iniciativa de investigação de um milhão de dólares, a Taekion está a explorar a forma como a tecnologia blockchain pode ser usada de modo semelhante para proteger uma central de energia, onde é mantido um registo distribuído de todas as transações de sensores, atuadores e dispositivos. Como o armazenamento destes dados é descentralizado, não existe um único ponto de falha. Outras aplicações em desenvolvimento neste projeto irão permitir transações seguras de energia ao proteger os dados do processo nas instalações de geração de energia, bem como aumentar a confiabilidade da rede e integrar uma infraestrutura de energia mais descentralizada.

Este esforço para salvaguardar a infraestrutura de geração de energia faz parte do programa Office of Fossil Energy Sensors and Controls do DOE. Sensors and Controls, um programa de tecnologia dentro do portfólio Crosscutting Research Portfolio of Programs, fornece insights essenciais para otimizar o desempenho, a confiabilidade e a disponibilidade de fábricas, ao mesmo tempo que utiliza e promove tendências tecnológicas como processos avançados de fabricação e princípios da Indústria 4.0.

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 19 Maio 2019

IT INSIGHT Nº 19 Maio 2019

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.