Lisboa já tem rede 5G para testes

A Vodafone colocou ‘no ar’ a primeira antena 5G do país. A rede de testes vai ser utilizada por empresas, universidades e startups

Lisboa já tem rede 5G para testes

A Vodafone Portugal colocou hoje ‘no ar’ a primeira antena 5G do país. Localizada no seu Edifício-Sede, no Parque das Nações, em Lisboa, a rede 5G da Vodafone fica desde já disponível para que todas as empresas, universidades e startups que integram o centro de inovação Vodafone 5G Hub possam testar os seus projetos.

"Com a instalação desta primeira antena 5G, a Vodafone Portugal materializa mais um dos seus compromissos constantes: potenciar a inovação, facultando, de forma aberta à sociedade e em prol do desenvolvimento e competitividade do País, tecnologia de ponta para que se criem projetos, investigações, produtos, serviços e modelos de negócio assentes na rede móvel do futuro”, afirma João Nascimento, CTO da Vodafone Portugal.

Apenas três meses depois de ter realizado a primeira ligação 5G em Portugal com o protótipo de um smartphone 5G, a Vodafone dá agora mais um significativo passo no percurso que tem vindo a desenvolver na preparação do lançamento comercial da quinta geração móvel.

“Acreditamos que os projetos que se desenvolvam no nosso laboratório de inovação a partir da rede 5G vão contribuir para ficarmos a conhecer ainda melhor a tecnologia e, assim, explorar de uma forma muito mais concreta a sua utilização futura”, reforça Pedro Santos, responsável pelo Vodafone 5G Hub.

Criado em junho com o propósito de ser um centro aberto de produção de conhecimento e inovação para que se tire partido de todas as potencialidades que o 5G apresenta, o Vodafone 5G Hub conta já com sete parceiros: as empresas Ericsson, Altran e Celfinet, as startups Nimest e Parkio, e a Academia com o Instituto Superior Técnico (IST) e a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP). A par da Vodafone, serão estas as primeiras organizações a usufruir desta rede de testes.

A Vodafone realça a disponibilidade demonstrada pela Anacom em responder positivamente ao pedido de utilização temporária de espectro na faixa dos 3,6GHz, para que sejam testadas em ambiente real todas as possibilidades que esta tecnologia vai trazer.

Com a instalação da primeira antena 5G, colocada ‘no ar’ com a Ericsson – parceiro estratégico da Vodafone Portugal para o desenvolvimento do 5G –, serão assim disponibilizadas as tecnologias Massive MIMO e ‘beam forming’, duas das inovações que suportarão a próxima geração de comunicações móveis. Estas características permitem que a rede seja distribuída de forma muito mais seletiva e direcionada, maximizando a capacidade de propagação, diminuindo interferências e permitindo tirar o máximo partido do espectro disponível.

Esta antena 5G está ainda ligada a uma infraestrutura comum com todas as suas funções totalmente virtualizadas, configuração que vai permitir aferir algumas das particularidades imediatas do 5G, nomeadamente a latência mais reduzida e o maior débito.

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 19 Maio 2019

IT INSIGHT Nº 19 Maio 2019

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.