Inteligência artificial analisa incêndios urbanos

O projeto de investigação da FCT Nova, o AI-4-MUFF, analisa os fogos urbanos para entender o fenómeno e permitir uma melhor gestão dos recursos da administração pública

Inteligência artificial analisa incêndios urbanos

A FCT NOVA - Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, apresentou na sede da Autoridade Nacional Emergência e Proteção Civil (ANEPC) o projeto de investigação AI-4-MUFF, com a missão de analisar o fenómeno dos incêndios urbanos através da inteligência artificial e metodologias da ciência dos dados. O objetivo é desenvolver uma investigação sobre esta área e criar uma nova ferramenta que permita uma gestão mais eficaz dos recursos da administração pública. 

O projeto sobre os incêndios urbanos é liderado pela FCT NOVA, estando envolvidas duas unidades de investigação: os investigadores do Departamento de Engenharia Mecânica e Industrial - UNIDEMI; e o Centro de Matemática e Aplicações - CMA. O investigador responsável pelo projeto é o diretor da UNIDEMI, Professor António Grilo, com responsabilidades partilhadas com o Professor João Paulo Rodrigues da Universidade de Coimbra. Entre os parceiros está ainda a Autoridade Nacional Emergência e Proteção Civil (ANEPC).

Segundo a ANEPC, não existem estudos de caráter científico que analisem de forma sistemática os fogos dentro das cidades ou sequer que estudem a multiplicidade de dados recolhidos nos últimos dez anos. Além disso, a ANEPC indica que mesmo com um grande número de corporações de bombeiros em regiões mais populosas, não existe qualquer garantia de uma intervenção eficiente e igualitária em todo o país.

Oprincipal objetivo do projeto de investigação AI-4-MUFF é desenvolver uma ferramenta de apoio à ANEPC e às corporações de bombeiros locais para tomarem decisões tecnicamente mais fundamentadas, como por exemplo, como distribuir melhor os recursos humanos e equipamento, ou até, como definir qual a melhor localização para um quartel de bombeiros.

O Sistema de Apoio à Decisão Estratégica ao Combate dos Fogos Urbanos, que vai ser desenvolvido pela equipa de investigadores do AI-4-MUFF, propõe uma ferramenta baseada somente em evidências empíricas, através da aplicação de técnicas de Machine Learning, e na interligação do modelo de otimização multi-objetivo e do ambiente de simulação baseado em agentes (Agent-based Model simulation). O protótipo do Sistema de Apoio à Decisão Estratégica ao Combate dos Fogos Urbanos vai ser testado em ambiente real. Inicialmente, em parceria com a ANEPC, esta ferramenta vai ser implementada num conjunto limitado de município e corporações de bombeiro piloto.

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 23 janeiro 2020

IT INSIGHT Nº 23 janeiro 2020

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.