Empresas de IA estabelecem compromissos com governo dos EUA para tornar tecnologia mais segura

A implementação de marca d’água em conteúdo gerado através de IA é um dos principais compromissos assinalados pelas organizações. Governo norte-americano está empenhado em regulamentar utilização da IA no país

Empresas de IA estabelecem compromissos com governo dos EUA para tornar tecnologia mais segura

A Amazon, Google, Meta, Microsoft, OpenAI e Inflection reuniram-se na passada sexta-feira na Casa Branca, com o presidente dos EUA, Joe Biden, para abordar as salvaguardas voluntárias ao nível dos riscos apresentados pela inteligência artificial.

O encontro ocorre após especialistas, governos e reguladores terem revelado as suas preocupações sobre o potencial uso indevido das tecnologias ligadas à inteligência artificial.

Em causa, revela a SiliconUK, estão “compromissos voluntários destas empresas para ajudar a avançar em direção ao desenvolvimento seguro e transparente da IA”. Estes compromissos estão assentes em três princípios essenciais para o futuro desta tecnologia: segurança, proteção e confiança.

Entre os principais compromissos está a implementação de medidas como a marca d’água em conteúdo gerado através de inteligência artificial, incluindo textos, imagens áudios e vídeos. O objetivo passa por garantir que os utilizadores sabem que a tecnologia foi utilizada na criação de determinado conteúdo.

Outro dos pontos acordados passa pela proteção da privacidade dos utilizadores à medida que a IA se desenvolve. O compromisso pretende garantir que a tecnologia não sirva para discriminar grupos vulneráveis. As empresas comprometeram-se ainda com o apoio no desenvolvimento de soluções de IA para problemas científicos, nomeadamente nas áreas da investigação em saúde e na mitigação das alterações climáticas.

De acordo com a Reuters, as empresas comprometeram-se ainda a testar os seus sistemas antes de os lançarem e compartilharem informação sobre a redução dos custos.

À semelhança do que já acontece na União Europeia, o governo norte-americano está a trabalhar na regulamentação da inteligência artificial no país.

O presidente norte-americano considera que “estes compromissos são um passo promissor”. No entanto, alerta: “há ainda muito trabalho a fazer”.

Tags

NOTÍCIAS RELACIONADAS

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 48 Março 2024

IT INSIGHT Nº 48 Março 2024

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.