Huawei revela estratégia para o mercado de data centers em Lisboa

Durante o seu fórum anual para CIOs europeus, que está a realizar-se em Lisboa, a Huawei deu a conhecer uma nova oferta de sistemas de armazenamento all flash, a estratégia “Oceanstor”, introduzindo ainda a arquitetura Cloud Fabric 3.0, uma solução de SDN para data centers inteiramente conectados

Huawei revela estratégia para o mercado de data centers em Lisboa

Durante a conferência para os media, Leon He, Huawei, president Western Europe Enterprise Business Unit, destacou que o IT está a tornar-se num fator-chave da transformação dos negócios, que é suportada por cinco tecnologias: Cloud, IoT, Big Data, Mobilidade e SDN. Na área empresarial, o responsável revelou que, de 2013 para 2014, as receitas cresceram 27,3% e que 90% das receitas são oriundas dos Parceiros. Na zona de exposição deste CIO Fórum, a Huawei exibiu diversas soluções do seu portfólio, que está inteiramente preparado para a IoT e para o M2M, onde se destaca uma solução de Smart Lightning e o primeiro sistema de videoconferência 4K do mundo.

Uma das principais novidades apresentadas prende-se com a nova estratégia da Huawei para acelerar a adoção de memória flash nos data centers europeus, intitulada “Oceanstor”. A este nível, a empresa pretende integrar Solid-State Drives (SSDs) nos produtos de storage comercializados na Europa. Os SSDs  da Huawei equivalem a discos 15k RPM SAS no que ao preço diz respeito, com a diferença de que os SSDs aportam mais benefícios, ao melhorarem a performance de serviços críticos, mitigando o impacto do ambiente nos disk arrays. “Em 2015 pretendemos estar já na era flash e conseguir que todos os discos sejam substituídos por SSDs”, revelou Yuan Yuan, CTO da Huawei para soluções de TI na Europa ocidental. “O movimento de integração da memória flash em armazenamento de dados entregará uma experiência de utilização superior e menos consumo energético. Adequa-se às necessidades de negócio dos clientes agora e no futuro, e será uma ferramenta vital para endereçar os desafios do Big Data”. 

A Huawei assinou o seu primeiro acordo de colaboração, para endereçar esta nova estratégia, com a Micro, em setembro passado, pretendendo produzir tecnologias inovadoras e expandir a adoção de memória flash SSD nos data centers

Data center definido por software

Uma Cloud programável é a visão da Huawei, que neste evento deu a conhecer melhor a Cloud Fabric 3.0, revelada oficialmente em maio deste ano.   

Trata-se de uma solução de SDN que pretende acelerar a inovação e uma integração de recursos eficiente na era do cloud computing, estando indicada para data centers de serviços Cloud.

 O objetivo é acelerar a construção de data centers totalmente conectados,  elásticos e escaláveis, para dar suporte às cada vez mais mutáveis necessidades de negócio. A solução conta com conexões de 100G e de acessos ao sistema de 25G.

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 32 Julho 2021

IT INSIGHT Nº 32 Julho 2021

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.