Fundos europeus podem determinar aceleração da transição digital

Portugal está a ter dificuldade em executar projetos, mas isso também gera uma oportunidade para as empresas que querem efetivamente tirar partido dos mesmos

Fundos europeus podem determinar aceleração da transição digital

Num evento, a Masterlink falou sobre a otimização dos processos envolvidos na transição digital, bem como sobre a importância dos fundos europeus para a competitividade das empresas nacionais.

O investimento na transformação e modernização digital está ligada à capacidade precisa, eficaz e rápida de ajuste e a resposta das companhias às mudanças permanentes e os desafios do mercado e à sua sobrevivência na economia digital competitiva.

Portugal tem a capacidade de utilizar os fundos europeus para acelerar os processos de transformação e inovação para garantir a competitividade, apesar das limitações existentes em termos de escala e capacidade de investimento das empresas nacionais. No entanto, para que isso aconteça, é necessário aproveitar prontamente as oportunidades que estão disponíveis por meio do Portugal 2030 e do PRR.

Vamos ter uma redução drástica do investimento comunitário a partir de 2030, possivelmente devido ao apoio dos países de Leste que entraram na Comunidade Europeia e também para ajudar na reconstrução da Ucrânia, pelo que as empresas têm agora 6 anos para acelerar o aproveitamento dos investimentos comunitários”, avisa Orlando Martins, responsável da Toplnnov, em comunicado. O responsável afirma que, embora Portugal enfrente dificuldades para executar projetos, isso oferece uma oportunidade para as empresas que desejam investir nos mesmos.

Um dos três programas temáticos apresentados no Portugal 2030 é a Inovação e a Transição Digital, que será implementado pelo programa Transição Digital nas PME. O projeto está programado para começar em setembro e o financiamento na Plataforma Masterlink está em consideração.

Orlando Martins também menciona projetos adicionais que estão ligados à Transição Digital, como a Qualificação das PME. O investimento da plataforma Masterlink faz parte dos projetos PRR que começam em maio, principalmente com financiamentos parcialmente a fundo perdido para aumentar a competitividade das empresas no mundo digital. Esses projetos incluem os projetos de Internacionalização por meio de E-commerce e Coaching 4.0.

A Masterlink está a implementar soluções tecnológicas avançadas para atender à procura por modernização tecnológica de forma mais rápida, otimizada e eficiente.

Tags

NOTÍCIAS RELACIONADAS

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 49 Maio 2024

IT INSIGHT Nº 49 Maio 2024

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.