Siemens investirá 5 milhões em Portugal nos próximos dois anos

A multinacional está focada em projetos de investigação e desenvolvimento nas áreas da energia e da mobilidade, tendo em vista a digitalização do país

Siemens investirá 5 milhões em Portugal nos próximos dois anos

A Siemens Portugal vai investir 5 milhões de euros, nos próximos dois anos, com vista a impulsionar a digitalização no País. O foco da empresa serão projetos de investigação e desenvolvimento nas áreas da energia e da mobilidade, entre outras iniciativas. Este anúncio foi feito hoje na presença da Secretária de Estado da Indústria, Ana Teresa Lehmann, no âmbito de um encontro sobre Digitalização com os principais clientes e parceiros da Siemens em Portugal.
 
Na área da energia um dos projetos a desenvolver será de data analytics aplicada à eficiência energética e o outro de acesso à energia sem necessidade de infraestrutura. Na mobilidade vai ser desenvolvido um sistema de carregamento inteligente para autocarros elétricos. Todos estes projetos têm como base tecnológica o MindSphere, o sistema operativo da Siemens para a Internet das Coisas.
 A empresa vai ainda continuar a apostar na criação de espaços de experimentação para a indústria e de Laboratórios Aplicacionais para outras áreas como os edifícios ou a mobilidade.
 

No comunicado enviado às redações, Ana Teresa Lehmann, Secretária de Estado da Indústria, sublinha que este investimento “é absolutamente estruturante para a Indústria 4.0”.
 
Pedro Pires de Miranda, presidente executivo da Siemens Portugal, realça que “ vem reforçar o desenvolvimento da economia nacional e será direcionado para tecnologias chave na digitalização do tecido empresarial português”.


Os novos projetos

O projeto de data analytics é destinado essencialmente a grandes consumidores de energia que também sejam produtores, e permite a otimização do mix energético em cada momento, através da melhoria da estrutura de custos dos clientes. O segundo projeto permite garantir disponibilidade de energia em locais remotos, sem necessidade de infraestrutura de rede.

O projeto de mobilidade desenvolverá sistemas de carregamento inteligente para autocarros elétricos. Esta solução pretende contribuir para uma otimização dos custos com energia mas também dos investimentos necessários. Segundo a Siemens, os carregamentos inteligentes podem contribuir para a utilização de baterias de menor dimensão e permitem reduzir as necessidades de capacidade instalada da infraestrutura de energia.
 

Investimento em formação

A Siemens Portugal vai também investir na capacitação dos recursos humanos, bem como na abertura de i-Experience Centers e de Laboratórios Aplicacionais. Os i-Experience Centers visam apoiar o desenvolvimento de projetos que suportem a digitalização na indústria.
 
Para além disso, e com o objetivo de desenvolver novas tecnologias para as áreas da energia, infraestruturas para edifícios e mobilidade, estão a ser criados Laboratórios Aplicacionais onde as equipas da Siemens se juntam a clientes, parceiros, alunos e investigadores.
 
A Siemens mantém a estratégia de contratar 240 novos colaboradores, altamente qualificados, em Portugal até ao final do ano. As perspetivas, para 2019, vão no sentido de continuar a contratar nas áreas em que a empresa vindo a apostar e a crescer, como as tecnologias de informação ou a indústria 4.0.
 

Tags

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 17 Janeiro 2019

IT INSIGHT Nº 17 Janeiro 2019

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.