Retalho aproveita cloud para potenciar negócio

De acordo com os especialistas da Forrester, o setor do retalho tem vindo a ser capaz de se modernizar com plataformas e soluções nativas na cloud

Retalho aproveita cloud para potenciar negócio

Ao contrário de outros setores mais regulamentados, o retalho tem se apoiado fortemente na cloud, tendo em vista alimentar sites mais rápidos, capazes de suportar picos de tráfego. Os dados da Forrester no relatório de 2023 “The state of cloud in retail” indica que, da mesma forma, foi um setor capaz de modernizar a logística de back-end com plataformas cloud e soluções nativas na cloud. 

Como aconteceu noutros setores, a pandemia acelerou os esforços de transformação digital para ajudar a criar aplicações que oferecem recursos mais avançados e personalizados. Embora parte da adoção de cloud em 2020 e 2021 tenha caído, os números também não voltaram à pré-pandemia. O utilização inicial da cloud pelo retalho deu-se na América do Norte, Europa e China, mas espalhou-se a outras regiões, como Tailândia e Azerbaijão, indicam os especialistas.

Agora, o relatório destaca que o cloud-native está a crescer. O retalho está a usar kubernetes, serviços nativos da cloud para retrabalhar aplicações e modernizar código, fornecer novos serviços digitais ou criar tecnologias para fornecer informações sobre a cadeia de valor. Algumas estão a reestruturar os seus programas para acelerar o desenvolvimento, e muitas empresas estão a repensar como os sistemas de Point-Of-Sale (POS) funcionam. 

Os dados indicam, também, que o (IoT) é uma prioridade para o setor. As estratégias concentram-se predominantemente na utilização de IoT e personalização de rede moderna, de modo a impulsionar novas experiências digitais em experiências de lojas físicas. Os retalhistas estão a construir essas novas experiências digitais baseadas em IoT utilizando plataformas cloud.

Finalmente, o relatório conclui que os serviços de terceiros desempenham um papel central. Os retalhistas estão a contratar serviços de terceiros para requalificar os seus developers, gerir os serviços cloud e migrar as aplicações para a cloud. Os serviços de terceiros desempenham, assim, um papel valioso em ajudar as empresas a executar os seus processos únicos de transformação e modernização, preenchendo lacunas operacionais à medida que avançam, indica a Forrester.

 

Tags

NOTÍCIAS RELACIONADAS

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 49 Maio 2024

IT INSIGHT Nº 49 Maio 2024

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.