Branded Content

Pergunte sempre "onde?"

Todos os negócios têm riscos associados. Todos, sem exceção, têm o seu sucesso dependente das decisões estratégicas dos seus decisores e das soluções que estes têm ao seu dispor para suportar os processos de decisão

Pergunte sempre "onde?"

E se é comum, que na análise que precede estas decisões se pergunte, como, porquê, quem ou para quê, o Onde parece, não poucas vezes, ficar sem resposta ou como uma pergunta secundária para a tomada de decisão. Esta dimensão “esquecida” é talvez uma das mais importantes.

Entender a localização é fundamental no processo de decisão, antes, durante e depois de qualquer acontecimento. Tomemos em consideração uma empresa do setor segurador frequentemente sujeita a eventos naturais extremos que têm impacto no seu negócio. Antes de qualquer evento com que se depare, é necessário dispor de uma visão clara do seu portfolio e do seu grau de exposição ao risco. Durante um evento, o tempo é o maior adversário de um gestor de risco e das equipas de operações. Cada momento conta para a alocação de recursos e para prever os impactos de determinado acontecimento o que torna o acesso a informação curada fundamental. Combinar dados meteorológicos em tempo real, analisar a relação espacial entre apólices e os riscos, visualizar e analisar relações entre dados de evolução de determinado evento, como por exemplo uma tempestade, ou dados resultantes da modelação espacial do potencial de inundação de uma determinada área geográfica, permite a estas organizações ter uma visão mais precisa do real e potencial impacto destes eventos e perdas, em diferentes localizações. Depois de um evento, a localização ajuda a compreender o dano efetivo, e analisar os comportamentos e padrões que estiveram associados ao mesmo de forma a identificar ações de mitigação que possam ser aplicadas em eventos semelhantes que ocorram no futuro. 

Em 2021 previa-se que seriam produzidos mundialmente cerca de 35 trilhões de gigabytes de dados e para 2023 a previsão é que 70% da população mundial será utilizadora de dispositivos móveis. São aproximadamente 5,5 milhões de pessoas a produzirem informação diariamente.*

O que fazer com estes dados? Como utilizá-los para fazer crescer o negócio e para entregar mais valor aos clientes?

Ter dados, por si só, não é um real benefício. O que realmente acrescenta valor e traz efetiva vantagem competitiva a uma organização é poder processar e analisar esses dados de forma a extrair informação que lhe permita obter uma maior compreensão do seu negócio.

E aqui o que realmente faz a diferença, é poder tirar partido de ferramentas de inteligência geográfica.

O Location Analytics adiciona o elemento “onde” ao tradicional conjunto de questões do Business Intelligence & Analytics e permite obter novos insights até então menos evidentes nos processos de análise.

Ao colocar dados num mapa interativo é possível descobrir padrões que os gráficos e tabelas não revelam tão facilmente. A integração de capacidades de mapeamento e análise de dados espaciais, nas soluções de BI, proporciona uma nova dimensão de análise, que permite mapear qualquer localização e analisá-la tirando partido de técnicas de análise espacial como agregação espacial, análises de proximidade e técnicas de análise exploratória incluindo a dimensão espacial, que rapidamente permitem a descoberta de padrões, tendências, relações e correlações espaciais nos dados.

Perante esta realidade as organizações tiram maior proveito dos seus dados, tomam decisões fundamentadas em tempo útil, a partir de informação complexa que inclui uma dimensão geográfica, e tornam as suas operações mais eficientes e eficazes. Esta abordagem permite aos diferentes gestores e responsáveis pelo processo de tomada de decisão disporem de ferramentas espaciais para visualizar e analisar dados num contexto geográfico e visualmente mais intuitivo o que se vai, naturalmente, traduzir num negócio mais sustentável e bem-sucedido.

As soluções de Location Intelligence são um complemento essencial às ferramentas de business intelligence permitindo tirar partido das mais valias associadas à análise de negócio incluindo uma dimensão espacial. Se procura transformar o negócio da sua organização, pergunte sempre “Onde?”.

 

Conteúdo co-produzido pela MediaNext e pela Esri

Tags

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 39 Setembro 2022

IT INSIGHT Nº 39 Setembro 2022

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.