Vulnerabilidade no Log4j põe parte da rede do governo belga em baixo

Partes das redes informáticas do Ministério da Defesa belga estão em baixo desde quinta-feira

Vulnerabilidade no Log4j põe parte da rede do governo belga em baixo

Desde que foi descoberta, a vulnerabilidade Apache Log4j continua a deixar rasto. Agora, partes das redes informáticas do Ministério da Defesa belga estão em baixo desde quinta-feira, no seguimento do incidente. "As nossas equipas foram mobilizadas, durante todo o fim de semana, para controlar o problema, continuar as nossas atividades e alertar os nossos parceiros", disse o porta-voz Olivier Séverin à publicação VRT, pelo que “a prioridade é manter a rede operacional. Vamos continuar a monitorizar a situação”.

As partes afetadas da rede governamental belga foram segmentadas após o ataque ter sido descoberto, declara Olivier Séverin. Contudo, os sistemas, incluindo o email, aparentam estar em baixo desde a manhã de segunda-feira. O Ministério da Defesa da Bélgica é a primeira vítima governamental de alto nível da vulnerabilidade, mas, acreditam os especialistas, não será a última. 

É de notar que o alerta sobre o Log4j foi primeiro dado por especialistas de cibersegurança e alguns governos, incluindo os EUA, há mais de duas semanas. A diretora do CISA, Jen Easterly, classificou a vulnerabilidade como "uma das mais graves que vi em toda a minha carreira, se não a mais grave".

Tags

NOTÍCIAS RELACIONADAS

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 35 Janeiro 2022

IT INSIGHT Nº 35 Janeiro 2022

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.