Metade das organizações apostam em estratégias de encriptação consistente

Mais de 70% das organizações afirmam que a proteção da informação dos seus clientes é o principal motor para a encriptação

Metade das organizações apostam em estratégias de encriptação consistente

O Global Encryption Trends Study 2021 foi um estudo realizado pelo Ponemon Institute que enfatiza o facto de metade das organizações terem alcançado estratégias de encriptação consistentes. No entanto, existe um grande fosso entre as prioridades de uma organização e a realidade na implementação da encriptação.

77% das organizações dizem que a proteção da informação dos seus clientes é o principal motor para a encriptação, um dos valores mais elevados em comparação com a média global de 54%. No entanto, apenas 27% executam essa encriptação, em comparação com uma média global de 42%.

Ao analisar o que as empresas participantes no estudo realmente encriptam, os registos financeiros (55%), os dados relacionados ou ligados a pagamentos (55%), os dados dos colaboradores e dos RH (48%) propriedade intelectual (48%), estão acima da informação pessoal dos clientes (42%). 

"A fuga de informação pessoal atinge o cerne da relação entre as empresas e os seus clientes. A encriptação faz parte da base da proteção de dados, e quando as organizações não priorizam a proteção das informações pessoais dos seus clientes, colocam a empresa em risco, bem como a perda e reputação dos negócios", explica John Grimm, Vice-Presidente de Estratégia da Entrust.

O estudo também destaca tendências favoráveis. Pela primeira vez, 50% das organizações referem que têm uma estratégia global de encriptação aplicada de forma consistente, enquanto 37% indicam uma estratégia de encriptação limitada. Mas este marco, por sua vez, destaca novas lacunas, especialmente em ambientes multi-clouds. As ferramentas de encriptação são encontradas em abundância, com as organizações inquiridas a relatar que usam uma média de oito produtos diferentes para realizar encriptação.

Os inquiridos também indicam que as funcionalidades mais importantes nas soluções de encriptação são o desempenho, a gestão de chaves de encriptação e o suporte tanto para a implementação em cloud como para a implementação no local. De facto, 45% dos inquiridos classificam a gestão unificada das chaves em várias clouds e ambientes empresariais como muito importante.

65% das organizações relatam que descobrir onde os seus dados sensíveis são hospedados continua a ser, de longe, o principal desafio no planeamento e execução de uma estratégia metódica de encriptação.

A geração e gestão das chaves de encriptação pode ser gerida de forma mais eficiente com a utilização de módulos de segurança de hardware, a adoção das quais está a aumentar. 66% dos gestores de IT consideram-nos críticos para encriptação ou estratégias de gestão chave, com o crescimento previsto a atingir os 77% nos próximos 12 meses.

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 32 Julho 2021

IT INSIGHT Nº 32 Julho 2021

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.