Huawei acusa EUA de ciberataques e intimidação

A empresa de tecnologia chinesa acusou o governo norte-americano de orquestrar uma campanha de intimidação junto dos seus empregados e de lançar ciberataques contra os seus sistemas internos

Huawei acusa EUA de ciberataques e intimidação

A Huawei acredita que Washington está a desencadear uma operação de ciberataque contra a intranet e sistemas internos da empresa de modo a impedir o normal decorrer das tarefas da fabricante chinesa.

"Nos últimos meses, o governo dos Estados Unidos tem estado a aproveitar a sua influência política e diplomática para pressionar outros governos para que proíbam os equipamentos da Huawei", refere a Huawei, citada pela Bloomberg.

A chinesa acrescenta que os Estados Unidos têm feito com que "a polícia ameace, coaja e incite os antigos e atuais trabalhadores da Huawei a voltarem-se contra a empresa, a trabalhar pare eles", bem como "a prender ilegalmente os trabalhadores e sócios da Huawei".

Os Estados Unidos têm “usado todas as ferramentas”, incluindo “meios sem escrúpulos”, para afetarem a Huawei, diz a empresa.

O Conselho Nacional de Segurança dos Estados Unidos ainda não respondeu às acusações e, contactado pela Bloomberg, não prestou declarações.

Tags
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 22 novembro 2019

IT INSIGHT Nº 22 novembro 2019

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.