Estudo SAS revela que mais de 90% das empresas não estão preparadas para o RGPD

A menos de um mês do prazo limite, um estudo da SAS determinou que apenas 7% das empresas estão totalmente RGPD compliant

Estudo SAS revela que mais de 90% das empresas não estão preparadas para o RGPD

Após o uso indevido dos dados por parte do Facebook e da Cambridge Analytics, intensificou-se a atenção pública sobre a questão da importância da privacidade dos dados. No entanto, a menos de um mês do Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD) entrar em vigor, 93% dos entrevistados de um novo estudo do SAS afirma que ainda não está totalmente em conformidade com o RGPD.

O SAS realizou este estudo com pessoas de 183 empresas (incluindo portuguesas) de diversas indústrias, que têm um papel na preparação das suas organizações para o RGPD. O estudo destaca os maiores desafios e oportunidades que as organizações enfrentam no caminho para a conformidade o novo regulamento.

Menos de metade (46%) das organizações entrevistadas dizem que esperam estar em conformidade com o RGPD quando este entrar em vigor, no dia 25 de maio. Entre as organizações norte-americanas pesquisadas, apenas 30% espera cumprir o prazo. A UE está mais bem preparada, com 53% das organizações a confiar cumprir o prazo.

O RGPD concede aos residentes da UE direitos de privacidade que lhes dão um maior controlo sobre a forma como as empresas lidam com os seus dados pessoais. Qualquer organização que armazena ou processa dados de residentes da UE tem obrigações de conformidade com o RGPD, mesmo que a organização não esteja na UE.

“Para isso, as organizações precisam de envolver, a longo prazo, todos os elementos das suas operações de negócio no programa de RGPD e de privacidade. Delegar isto somente para as TI é receita para o fracasso”, refere Todd Wright, Marketing Global do SAS para as soluções SAS Personal Data Protection e SAS Data Management, no comunicado que partilha as conclusões do estudo.

Embora o estudo mostre que a maioria das organizações não estão preparadas para o prazo limite que se aproxima do RGPD, as organizações estão a trabalhar para se tornar compatíveis (93% tem um plano em vigor ou espera ter um).

De facto, 84% de todos os entrevistados e 91% dos entrevistados da União Europeia disse esperar que o RGPD melhorasse a sua gestão de dados. 68% dos entrevistados também antecipa que o RGPD aumentará a confiança entre eles e os seus clientes. A melhoria da qualidade dos dados pessoais, uma imagem organizacional aperfeiçoada e a mudança para uma organização orientada pelos dados foram os benefícios adicionais que as organizações dizem esperar obter com a conformidade com o RGPD.

Outra conclusão interessante do estudo indica que 58% dos entrevistados têm um plano estruturado em processo para cumprir com o RGPD e outros 35% planeiam ter um.

No entanto, 15% dos entrevistados dos EUA e 4% dos entrevistados da UE disseram que a sua organização não tinha planos para desenvolver um processo estruturado para cumprir com o RGPD.

O estudo indica ainda que 63% das empresas afirmaram que o RGPD terá um efeito significativo na forma como a sua organização gere o negócio. A identificação de todas as fontes de dados pessoais armazenados, seguida da aquisição de competências para gerir a conformidade com o RGPD, foi registada como os principais desafios que as organizações enfrentam ao prepararem-se para o RGPD.

Além disso, quase metade dos entrevistados (49%) indicaram que o RGPD teria um impacto significativo nos projetos de inteligência artificial das suas organizações.


Estabelecer o consentimento informado, registar e apresentar detalhes de perfis aos auditores e exigir envolvimento humano em decisões de IA são os três requisitos de conformidade mais preocupantes para os entrevistados em relação aos seus projetos de inteligência artificial.

Além do mais, 75% dos entrevistados também esperam que a conformidade com o RGPD tenha um efeito significativo nas suas operações de TI.

Tags
sas
Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 15 Outubro 2018

IT INSIGHT Nº 15 Outubro 2018

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.