Custos de ciberataques continuam a subir

Segundo o “Cost of a Data Breach de IBM Security”, o custo médio global de acesso indevido a dados ascende já a 4,35 milhões de dólares

Custos de ciberataques continuam a subir

Os ciberataques têm sido uma constante ao longo dos últimos tempos. De acordo com o relatório anual “Cost of a Data Breach de IBM Security”, o custo médio global de um acesso indevido a dados ascende já a 4,35 milhões de dólares para as empresas.

Os custos, entre outros fatores, prendem-se com a falta de adoção de estratégias zero trust, assim como os resgates exigidos e a ausência de práticas de segurança na cloud.

Nos últimos anos assistiu-se a um aumento de quase 13% nos custos dos ciberataques. Tais dados podem estar a contribuir para o aumento dos custos de bens e serviços, com 60% das organizações a aumentarem os preços de produtos e serviços.

A duração dos ataques e os seus efeitos posteriores são igualmente um fator preocupante. Os acessos indevidos duram, por vezes, muito tempo mesmo depois de terem acontecido. Segundo o mesmo relatório, quase 50% dos custos com os ataques ocorrem mais de um ano depois do mesmo.

Nas organizações estudadas, quase 80% não adotaram estratégias de zero trust. Este tipo de decisão traduz-se num aumento de cerca de 1,17 milhões de dólares comparativamente às empresas que o fazem.

Do relatório, 43% das organizações ainda não tinha começado a aplicar práticas de segurança nas clouds, com um incremento nos custos do ataque em mais de 660 mil dólares.

No caso das organizações com medidas implementadas, assim como de automação de inteligência artificial, as empresas registam, em média, menos 3,05 milhões de dólares em custos com ataques quando comparadas com as restantes empresas.

Tags

NOTÍCIAS RELACIONADAS

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 39 Setembro 2022

IT INSIGHT Nº 39 Setembro 2022

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.