O papel da indústria de TI na construção de uma "nova normal" ... Melhor e mais digital!

Antecipar 2021

O papel da indústria de TI na construção de uma "nova normal" ... Melhor e mais digital!

Embora já seja possível ver uma luz ao fim do túnel, a recuperação das disrupções na economia e das mudanças sociais e empresariais de longo prazo causadas por esta pandemia, irão obrigar uma redefinição das prioridades e influenciar as decisões de investimento em TI e Digital nos próximos cinco anos.

Após uma primeira fase de resposta à crise pandémica, onde o foco das organizações foi a segurança dos colaboradores e a ampliação do trabalho remoto seguro, seguida da otimização de custos, assistimos agora uma fase onde a preocupação está na resiliência e agilidade do negócio, na qual as organizações já aprenderam com o início da crise e começam a estabelecer novas prioridades e investimentos para competir de um modo diferente numa “nova normal”.

Só depois das organizações conseguirem garantir esta resiliência e agilidade, começaremos a assistir ao investimento direcionado em áreas que permitam explorarem novas oportunidades, com o objetivo de se prepararem para aquilo que a IDC designa por “Future Enterprise”.

Na perspetiva da IDC, a “Future Enterprise”, ou Empresa do Futuro, deve conseguir inovar e escalar a um ritmo muito superior ao das empresas tradicionais, e é totalmente impulsionada por uma força de trabalho altamente qualificada e focada no cliente, que abraça o risco ao mesmo tempo que procura inovar continuamente. A tecnologia e os dados são a sua força vital, alimentando operações cada vez mais eficientes, novos fluxos de receita e maior fidelização de clientes. A organização adota uma abordagem “de fora para dentro”, alavancando o seu ecossistema de stakeholders (ou seja, clientes, parceiros, força de trabalho e comunidade) para fazer evoluir de forma dinâmica a sua oferta e o seu modelo de negócio.

Neste contexto, e apesar dos enormes desafios e de toda a complexidade e incerteza, não tenho dúvidas que os líderes que tiverem visão e a coragem para acelerarem ainda mais os seus processos de transformação digital durante este período, ganharão competitividade e quota de mercado, e sairão desta crise, mais fortes e mais digitais.

Cabe agora à toda a Indústria de TI ajudar os seus clientes a fazerem este caminho, para que todos possamos viver numa “nova normal”, melhor e certamente mais digital! 

Tags

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 29 Janeiro 2021

IT INSIGHT Nº 29 Janeiro 2021

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.