Startup portuguesa mostra aplicação que permite comprar casa sem ir ao banco

A ItsCredit esteve na edição europeia da Finovate para apresentar a sua aplicação que permite comprar casa sem ser necessário os proponentes deslocarem-se ao banco

Startup portuguesa mostra aplicação que permite comprar casa sem ir ao banco

Simplificar a vida de quem compra uma casa e acabar com as inúmeras deslocações aos balcões das agências bancárias para obter informações e entregar e assinar dezenas de documentos é o propósito da app desenvolvida em Portugal pela startup ItsCredit, cujo potencial foi demonstrado na edição europeia da Finovate, uma das mais prestigiadas feiras mundiais de tecnologia financeira, que se realiza em Londres.

Esta app, assegura a ItsCredit, permite aos clientes dos bancos, em tempo real e através do telemóvel, consultar e gerir todas as operações de crédito em curso e ainda a possibilidade de pedir e obter a aprovação de novos créditos, num processo que decorre 100% online.

"Simulámos em palco o pedido e a respetiva aprovação de um crédito para a compra de uma casa na cidade de Londres, demonstrando em poucos minutos toda a simplicidade que esta tecnologia proporciona a um processo desta natureza, desde a escolha da casa através da própria app, à simulação das condições oferecidas pelo banco em função da condição financeira do cliente, passando pela aprovação da operação e disponibilização do montante necessário para a concretização do negócio", conta João Lima Pinto, CEO da ItsCredit.

Apesar de conferir total autonomia aos utilizadores na gestão e obtenção de novos créditos, os bancos têm sempre a possibilidade de, durante os processos, contactar os clientes através da própria app, conferindo o apoio necessário à concretização das operações e esclarecendo eventuais dúvidas.

"Esta solução possibilita ainda efetuar alterações às condições de um empréstimo exclusivamente através da app, evitando, uma vez mais, a necessidade do cliente se deslocar ao balcão da agência", explica João Lima Pinto.

Com efeito, a qualquer hora e em qualquer local, é possível, por exemplo, estender o prazo de pagamento de um empréstimo com vista a diminuir o valor das prestações mensais a pagar ao banco, ou pagar antecipadamente uma parte ou a totalidade do montante em débito ao banco.

Tags

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 20 Julho 2019

IT INSIGHT Nº 20 Julho 2019

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.