As vantagens da automatização numa estratégia de gestão de dados

A Commvault assinalou três vantagens que a automatização tem para que uma estratégia de gestão de dados seja bem sucedida

As vantagens da automatização numa estratégia de gestão de dados

A Commvault identificou os três grandes benefícios da automatização para uma gestão de dados eficiente. A maioria dos líderes de IT procura na automatização novas formas de responder melhor aos seus clientes, acelerar a inovação de produtos e melhorar as receitas da organização. Mas a verdade é que a automatização também pode ajudar a melhorar a estratégia de proteção de dados.  

 1. A automatização acelera disaster recovery na cloud 

As organizações trabalham com dados, mas o que acontece quando estes dados não estão disponíveis? O ano de 2020 começou com desastres naturais sem precedentes, como os incêndios na Austrália, as inundações no Brasil e os tornados deste inverno nos Estados Unidos. 

A recuperação de desastres ou disaster recovery  – sobretudo na cloud - é mais importante do que nunca. Além disso, o tempo de recuperação é fundamental, pelo que a automatização está a tornar-se uma obrigação e não tanto uma opção. 

E se o disaster recovery pudesse ser automatizado? E se pudéssemos usar um comando de voz ou um SMS para iniciar a recuperação no Azure? Isto já é possível hoje. Sem Wi-Fi, sem energia, mas com os dados disponíveis e acessíveis. Com a automatização da Commvault, a recuperação de desastres pode ser iniciada sem intervenção humana, exceto por um comando de voz.   

2. A automatização ajuda a mitigar riscos 

As direções das empresas estão mais interessadas que nunca na mitigação de riscos, como demonstra um estudo recente da Commvault, em que 69% dos inquiridos assegurava estar a passar por mudanças no seu ambiente de proteção de dados precisamente pelo foco cada vez maior na mitigação de riscos e ameaças. 

A proteção automatizada dos dados é uma parte significativa desse campo. Um exemplo disso é o ataque de ransomware sofrido pelo Estado do Colorado, nos EUA, onde o software de proteção de dados foi uma das primeiras ferramentas para identificar e alertar o ataque, graças ao facto de incluir um controlo automatizado que ativa um alerta se houver suspeita de atividade incomum dos dados.  

3. A automatização ajuda as equipas de IT a concentrar-se no mais importante 

Se os processos, especialmente os de nível mais baixo, puderem ser automatizados, a equipa de IT poderá concentrar-se nos projetos mais estratégicos, como, por exemplo, migração de dados para a nuvem. Esse tempo pode, assim, ser dedicado a escrever scripts ou a usar uma interface racionalizada e APIs comprovadas para migrar os dados com segurança e eficiência para o fornecedor de computação cloud que a empresa escolha. 

Além disso, ninguém gosta de gastar o seu tempo com tarefas repetitivas, como mover tapes de arquivo. Ao automatizar algo tão simples como o arquivamento de dados - especialmente na cloud – a organização economiza trabalho físico e evita este tipo de tarefas chata e repetitivas.

Tags

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 26 Julho 2020

IT INSIGHT Nº 26 Julho 2020

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

+ NOTÍCIAS

Dados no centro do negócio

Analítica: A arma das empresas no "novo normal"

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.