Maioria dos ataques de phishing estão relacionados com criptomoedas

O CNCS do Reino Unido tem agora um serviço que permite aos utilizadores sinalizarem e-mails de phishing

Maioria dos ataques de phishing estão relacionados com criptomoedas

O Centro Nacional de Cibersegurança (NCSC, na sigla em inglês) do Reino Unido têm um serviço que permite aos utilizadores sinalizarem phishing e outros e-mails suspeitos que recebem, e já foram enviados mais de um milhão de relatos de mensagens fraudulentas.

O NCSC do Reino Unido recebe cerca uma média de 16.500 sinalizações por dia, o que já resultou em dez mil ligações a esquemas online bloqueados pelas autoridades.

O NCSC explica ainda que 10% dos esquemas foram removidos uma hora após o e-mail ser reportado, e 40% foram resolvidos um dia após o relatório. No total, foram removidos mais de 10.200 URL maliciosos ligados a 3.485 sites individuais.

Uma onda de fraudes de investimento em criptomoedas representa mais de metade de todos os esquemas fraudulentos online detetados.

Os esquemas de investimento em criptomoedas têm sido reconhecidos como um problema crescente, representando perdas de milhões de libras por ano, enquanto os hackers enganam os utilizadores para que entreguem dinheiro.

De acordo com a Autoridade de Conduta Financeira, só nos anos de 2018 e 2019, os valores chegaram aos 27 milhões de libras quando se fala de perdas em esquemas fraudulentos que envolvem criptomoedas.

Karen Baxter, agente da polícia de Londres, explica que os e-mails de phishing são muitas vezes o primeiro passo em muitos casos de fraude porque fornecem a porta de entrada inicial para os criminosos.

Tags

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 26 Julho 2020

IT INSIGHT Nº 26 Julho 2020

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.