A cloud como computador

Start

A cloud como computador

É chegada a altura em que analistas e imprensa se debruçam sobre os produtos ainda em laboratório e sobre as tendências do passado para apresentarem as linhas de orientação determinantes do ano vindouro

Como os dois últimos anos demonstraram, por vezes as melhores previsões falham de forma estrondosa. Ainda assim, é um exercício importante, sobretudo porque ajuda a definir prioridades estratégicas para as empresas, para além de balizar orçamentos.

No limiar de 2022 é evidente que as tecnologias da cloud terão mais um ano de grande crescimento. A cloud tem-se tornado a espinha dorsal dos sistemas de informação atuais e a generalidade dos novos serviços tem nela algum tipo de suporte.

Se há, portanto, previsão que possa ser feita para 2022 e anos subsequentes é que a cloud se torna, toda ela, uma plataforma, sobre a qual se criam aplicações de escalabilidade apenas limitada pela capacidade de investimento de quem desenvolve.

Ou seja, que a cloud será, na verdade, o computador.

É certo que existem todos os dispositivos que lhe servem de “front-end”, mas é pela cloud que passará, inevitavelmente, o grande fluxo de informação das empresas. Em especial, no que toca às plataformas de gestão de dados.

Dada a rapidez com que é possível efetuar uma implementação de uma plataforma complexa na cloud, por junção de componentes pré-existentes, versus a dificuldade e falta de recursos para o fazer on-premises, tem-se vindo a criar um ciclo de maior investimento em cloud que corresponde a uma maior disponibilidade de serviços cada vez mais essenciais no espaço empresarial.

Em resumo, a cloud é complexa, mas não a considerar é mais complexo ainda. Entre as equações das tomadas de decisão empresariais, esta pertence ao lado das de fácil resolução.

Tags

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 35 Janeiro 2022

IT INSIGHT Nº 35 Janeiro 2022

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.