Branded Content

Redefinição das cidades como uma prioridade

A “Redefinição das Cidades” e os desafios que representa para as diversas entidades envolvidas está na ordem do dia

Redefinição das cidades como uma prioridade

A nossa visão é que cada cidadão aproveite o melhor que a sua cidade tem para oferecer e, para que isso aconteça, temos de criar ou recriar cidades mais eficientes, resilientes e sustentáveis. Queremos que os cidadãos tenham uma cidade ON.

As cidades vão ficar cada vez maiores e sentiremos cada vez mais dificuldades e pressões. A perspetiva de chegarmos a 2050 com 66% da população mundial a viver em cidades (6.3 mil milhões de pessoas) torna urgente a procura de novas soluções que permitam alavancar a implementação de tecnologia e fomentar a digitalização.

Se o presente é digital e o futuro focado na energia, então teremos obrigatoriamente de repensar os edifícios onde passamos a maior parte das nossas vidas. A transformação digital aliada à inteligência artificial está a alterar a forma como vivemos e lidamos com a tecnologia, e em breve será possível que os edifícios se tornem inteligentes e autónomos.

A Internet of Things (IoT) é a plataforma que pode alavancar o futuro de uma cidade. A oportunidade de aproveitar o poder dos dispositivos conectados é AGORA, e nós temos os recursos para otimizar o desempenho das cidades e aumentar a satisfação geral dos cidadãos.

Tudo está à distância de um clique. Os edifícios deixaram de ser apenas espaços de convivência ou trabalho, estando hoje dotados de inteligência e mecanismos que integram um conjunto de soluções que permitem reforçar o conforto e produtividade dos seus utilizadores, contribuindo para a sustentabilidade do planeta.

Não há forma de voltar atrás, a tecnologia trouxe-nos a transformação digital e a possibilidade de encarar de outra forma a eficiência energética, bem como a eficiência na integração, operação e engenharia. O desafio está na forma como utilizamos essa mesma tecnologia, como recolhemos, analisamos e aplicamos os dados recebidos.

A quantidade de informação é brutal e com enorme potencial. As empresas terão de explorar e tirar o máximo partido dela, transformando- a em negócio.

Vejamos o exemplo da plataforma Facility Insights, capaz de melhorar a gestão e manutenção remota de energia de uma cidade, uma referência no que diz respeito à construção de um mundo cada vez mais elétrico, digital, descarbonizado e descentralizado.

As implicações que a IoT tem para as cidades são enormes. A nosso ver, a convergência de sensores de baixo custo, a comunicação difundida e o poder da analítica baseada na cloud estão a permitir que operações de grande escala ajustem cada vez melhor os seus negócios. Além disso, os cidadãos são parte integrante desta atividade. Usar uma abordagem onde os cidadãos estão no centro do desenvolvimento, pode ser um método mais inclusivo para o progresso da cidade inteligente.

O resultado é um novo padrão de otimização que ocorre numa grande variedade de setores. É essa inovação que está a acontecer todos os dias, a todos os níveis - produtos conectados, edge control, aplicações, analítica e serviços.

Tudo isto conduz-nos a um mundo de edifícios (cada vez mais) conectados e com inúmeras possibilidades, quer ao nível da construção nova, como da reabilitação do parque imobiliário existente. Seja habitacional ou empresarial, as vantagens de ter um edifício “ligado” são inúmeras e visíveis dia após dia.

O receio perante a tecnologia está no desconhecido, e cabe-nos desmitificar a inovação e mostrar como é possível potenciar todas as vantagens e benefícios que nos permitam olhar para o futuro de outra forma. Se assim não for, os grandes centros urbanos não terão a capacidade energética necessária para lidar com o aumento da pressão populacional a que assistimos hoje em dia.

 

Branded Content co-produzido pela MediaNext para a Schneider Electric

 

Tags

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 19 Maio 2019

IT INSIGHT Nº 19 Maio 2019

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.