CFOs preferem investir em armazenamento de longo prazo

Ao longo dos próximos quatro anos, os requisitos de armazenamento de dados para as pequenas e médias empresas deverão duplicar, prevê um novo estudo da Fujitsu realizado junto de profissionais financeiros seniores de PME.

CFOs preferem investir em armazenamento de longo prazo

Ao longo dos próximos quatro anos, os requisitos de armazenamento de dados para as pequenas e médias empresas deverão duplicar, prevê 

O estudo da Fujitsu foi realizado junto de 182 profissionais financeiros seniores de pequenas e médias empresas, da Europa, do Médio Oriente, de África e do Sul da Ásia.

No entanto, este elevado crescimento dos requisitos de armazenamento está a causar uma preocupação generalizada, apontada por 76% dos inquiridos, que receiam que um crescimento de dados elevado ou imprevisto leve a um aumento exponencial dos custos de gestão e armazenamento dos dados.

De acordo com o inquérito, três em cada cinco vem a tecnologia como um importante ativador da eficiência operacional durante a transformação digital (59%). Mais de um quarto dos CFOs inquiridos encaram a tecnologia como uma fonte essencial de vantagens competitivas (28%).

Porém, os decisores financeiros têm presentes questões de disponibilidade dos dados, proteção dos dados e segurança dos dados, expressando também ansiedade a propósito das implicações de um crescimento inesperado dos volumes de dados. Entre as preocupações principais estão a necessidade de financiar capacidades de armazenamento adicionais e o aumento exponencial dos custos de gestão de dados devido a um rápido aumento do volumes de informação.

Os profissionais financeiros seniores também estão bastante cientes dos desafios colocados pelas soluções tradicionais baseadas em disco e tape e expressaram frustração por fatores como os sistemas atingirem limites de expansibilidade.

Para o futuro, os profissionais financeiros delinearam as caraterísticas chave que esperam ver nas novas tecnologias de armazenamento: automatização para reduzir a dependência de capacidades manuais de modo a minimizar os custos e o risco; a possibilidade de adicionar capacidade à medida que as exigências aumentam, sem substituir sistemas inteiros; e uma flexibilidade geral do sistema para lidar melhor com um crescimento elevado e inesperado dos dados.

 

 

Tags

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 11 Dezembro 2017

IT INSIGHT Nº 11 Dezembro 2017

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!