Como a IoT, a convergência TI/TO, e o seu ERP contribuem para o sucesso do negócio

próximo grande passo, no que diz respeito à produtividade e eficiência, é o de agregar a informação proveniente do negócio e dos processos operacionais e industriais.

Como a IoT, a convergência TI/TO, e o seu ERP contribuem para o sucesso do negócio

Eficiência/ Produtividade: em que ponto estamos?

Nos últimos 10 a 20 anos muitas empresas aperfeiçoaram os seus “processos de negócio” através da implementação de Sistemas Integrados de Gestão Empresarial (ERP), como os da SAP, Oracle, Microsoft, etc.

Por outro lado, as mesmas empresas otimizaram os seus “processos operacionais ou de produção”, principalmente através da implementação mais generalizada de automação.

Ambos os esforços trouxeram fortes ganhos em termos de produtividade às empresas. No entanto, a maioria das empresas industriais inseridas em “economias avançadas”, encontra agora uma forte redução na sua taxa de produtividade, fruto da redução da procura por efeitos de uma crise global associada necessidade de investimentos cada vez maiores em I&D.

 

Convergência IT/OT: o próximo grande passo no campo da produtividade

Podemos e devemos, certamente, continuar a obter ganhos de produtividade através dos nossos processos operacionais e de negócio. No entanto, esses ganhos serão cada vez mais marginais. O próximo grande passo, no que diz respeito à produtividade e eficiência, é o de agregar a informação proveniente do negócio e dos processos operacionais e industriais. Por consequência, pode atingir-se o nível de desempenho ótimo global da empresa, em vez de tentar atingir o ponto ótimo destes dois mundos em separado, o que, matematicamente, representa um desempenho inferior.

Através de uma combinação integral de todo o conhecimento sobre os clientes e negócio, proveniente dos sistemas de ERP e CRM (Customer Relationship Management), a par com o conhecimento em tempo real que os nossos processos podem transmitir e da forma como o transmitem, seremos capazes de romper o limite máximo de produtividade e ainda obter ganhos adicionais em qualidade e traceabilidade.

Este método é frequentemente designado de convergência entre TI com TO.

 

Estamos preparados? É agora?

O software necessário para preencher a lacuna entre ERP e o processo operacional (ou para os mais técnicos, entre “ERP” e “SCADA”) está agora disponível. São chamados de MES (Manufacturing Execution Systems), DATA Historians, analytics, entre outros e podem ser implementados imediatamente, fornecendo valor instantâneo.

No entanto, para compreender o valor desta convergência, a indústria terá de reduzir e simplificar o custo do acesso aos dados. Para tal, são fatores essenciais a Industrial Internet of Things (IIoT), associada às novas arquiteturas de rede e à inovação dos PLCs inteligentes, já disponíveis no mercado.

Por fim, a Indústria irá precisar de integrar processos/redes de TO com o negócio/redes de TI. Este aspeto irá impor restrições adicionais de cibersegurança aos processos operacionais e industriais. Para facilitar uma integração suave, surgiu um novo conjunto de serviços de instalação de cibersegurança que preservam os requisitos de alta disponibilidade, tão importantes nos processos industriais.

Desta forma, os ingredientes chave para o próximo passo na produtividade da Indústria são uma combinação de software, uma nova arquitetura de automação e serviços de cibersegurança - todos já disponíveis no mercado.

Para as empresas industriais que procuram sobreviver e superar a concorrência, é tempo de agir!

 

Rui Monteiro, Diretor Unidade de Negócio Indústria, Schneider Electric Portugal

 

Tags

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 7 Maio 2017

IT INSIGHT Nº 7 Maio 2017

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!