Boa orquestração é a chave do Hybrid IT

Foi esta a conclusão de um inquérito da Fujitsu a decisores IT internacionais: para o sucesso do Hybrid IT, as empresas precisam de alinhar a sua estratégia e abordagem nas IT e na empresa

Boa orquestração é a chave do Hybrid IT

A Orquestração de Serviço é o segredo para desbloquear o verdadeiro potencial de infra-estruturas Hybrid IT complexas, afirma um estudo recente encomendado pela Fujitsu e efectuado pela Forrester Research. As conclusões deste estudo revelam que integrar, gerir e optimizar com sucesso as infra-estruturas TI faz com que as empresas potenciem o seu negócio, o que também conduz a uma maior flexibilidade e agilidade das organizações.

Para transformar as suas organizações, as empresas reconheceram a necessidade de tecnologias digitais flexíveis e ágeis, e estão a implementar infra-estruturas Hybrid IT cada vez mais complexas. No entanto, enquanto os ambientes híbridos aceleram a implementação de tecnologias digitais, permitem que as organizações se diferenciem da concorrência e ajudam a ir ao encontro das necessidades em rápida evolução dos seus clientes, eles também trazem novas complexidades e desafios. Em particular, as empresas têm preocupações com a segurança (44%) e a privacidade (43%) além de apreensão sobre a maior dificuldade de gerir a conformidade, a utilização e os custos em múltiplos ambientes TI (40%).

 

Uma estratégia unificada em que a coordenação é o segredo

Estas complexidades têm o potencial de contrabalançar as vantagens da digitalização – no entanto, as empresas reconhecem que todos os sistemas tecnológicos, processos e diferentes silos de informação têm de ser coordenados e alinhados com os seus objectivos de negócio. Só então pode ser alcançada a verdadeira digitalização que lhes permite extrair conhecimento útil dos dados e proporcionar valor aos clientes. Aliás, 69% dos inquiridos afirmou que desenvolver uma estratégia TI abrangente que integre e alinhe todas as tecnologias implementadas é uma prioridade crítica ou elevada.

Ao coordenar sem esforço diferentes sistemas e serviços empresariais numa estrutura de gestão mais unificada, uma orquestração de serviço eficaz é essencial para desbloquear as vantagens da tecnologia das empresas. O ponto de partida para as empresas é agregar e coordenar diversas plataformas para ter maior velocidade, controlo e agilidade. Alargar esta abordagem à gestão de fornecedores, à conformidade da segurança e aos negócios da cadeia de fornecimento irá proporcionar um ambiente verdadeiramente eficiente. Os inquiridos reconhecem o valor desta coordenação melhorada, com mais de 70% a afirmarem que a orquestração de serviço é uma prioridade de topo ou importante.

Conway Kosi, Responsável de Managed Seervices da Fujitsu na EMEIA, comenta: “Uma coisa é implementar infra-estruturas baseadas na cloud a par de sistemas legados para criar um ambiente Hybrid IT. Mas para transcender a tecnologia e alcançar o estado mais elevado de proporcionar verdadeiro valor ao negócio, as empresas têm de assumir as rédeas e coordenar activamente estes complexos ambientes mistos. Ao estabelecerem parcerias com empresas de serviço experientes como a Fujitsu, as organizações podem co-criar ambientes tecnológicos totalmente alinhados com as suas necessidades de negócio, permitindo-lhes não só maximizar o seu investimento em tecnologia como também alcançar todo o seu potencial de negócio.”

 

Orquestração de serviço coordena e unifica sistemas e serviços empresariais na perfeição

O estudo da Forrester também revelou que, para os inquiridos, as principais vantagens de implementar uma solução de orquestração de serviço eram a gestão de múltiplas aplicações e volumes de trabalho (44%). Dois em cada cinco (42%) selecionou uma boa experiência de utilização, incluindo os dashboards e a capacidade de monitorizar o desempenho do nível de serviço (por exemplo, disponibilidade, eventos de dimensionamento, alertas, provisões automáticas e actualizações). A facilidade de deslocar aplicações entre diferentes clouds híbridas foi vista como uma vantagem por 40%.

 

Encontrar um parceiro de serviço experiente é fundamental

De acordo com o estudo da Forrester, a oportunidade para as empresas reside em conectar a infra-estrutura legada com novos ambientes baseados na cloud, sempre em linha com os objectivos estratégicos do negócio. A orquestração de serviço TI pode ir ao encontro desta necessidade, mas gerir essa orquestração é complexo: 41% dos responsáveis referiu que o principal desafio era manter-se a par das alterações tecnológicas, enquanto um em cada três (33%) disse que era problemático encontrar colaboradores com as capacidades adequadas. Para quase um em cada três (32%), equilibrar as diferentes prioridades entre as TI e o negócio era entendido como um problema.

Como tal, as empresas estão a recorrer a terceiros para as ajudarem a encontrar um ponto de equilíbrio entre agilidade e controlo. Quando seleccionam um parceiro para as ajudar, uma em cada três (33%) procura competências em tecnologias como os modelos as-a-service, mobile e big data. 31% procuram integração com sistemas cloud e legados, enquanto 28% busca uma implementação de soluções rápida. A capacidade de trabalhar com empresas e líderes TI foi destacada por mais de um quarto (27%) e a mesma percentagem selecionou o serviço ao cliente como prioridade.

Tags

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 11 Dezembro 2017

IT INSIGHT Nº 11 Dezembro 2017

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!