84% dos profissionais de IT não têm um plano de recuperação de dados

Décimo relatório anual "State of Resilience", da Vision Solutions, revela algumas tendências preocupantes relativos a aspetos essenciais das infraestruturas das organizações

84% dos profissionais de IT não têm um plano de recuperação de dados

A CESCE SI divulgou as conclusões que a Vision Solutions, fornecedor de soluções de modernização das TI e seu parceiro em Portugal, publicou no seu relatório "State of Resilience de 2017", obtidas através de estudos ao nível global por profissionais das TI.

Falhas de energia importantes, o crescimento explosivo dos dados e as novas tecnologias estão entre os desafios e oportunidades nas TI analisados no relatório. Entre outras conclusões, destacam-se algumas tendências alarmantes: 84% dos profissionais não tinham um plano de recuperação, ou estavam menos de 100% confiantes de que o seu plano de recuperação era completo, testado, e capaz de cumprir os objetivos de tempo de recuperação e do ponto de recuperação. Por outro lado, a incidência de falhas em migrações subiu de 36% em 2014 para 44% em 2015 e 51% em 2016 – um aumento de 42%.

Mais: 70% dos profissionais das TI com bases de dados múltiplas tinham dados redundantes armazenados nelas, mas um quarto deles não tinham processos de sincronização dos dados.

O reltório denota ainda que os profissionais das TI não têm um consenso sobre quem é responsável por proteger os dados e aplicações numa cloud pública: 43% pensam que são os fornecedores do sistema de cloud, enquanto que 39% pensam que a responsabilidade é dos departamentos de TI internos.


“Importantes falhas de energia recentes ilustram a forma como vulnerabilidades relevantes nas TI podem afetar as empresas rapidamente. Assegurar as operações diariamente, evitar disrupções, limitações orçamentais, e grandes aumentos de contratações, tudo isto representa desafios e os departamentos de TI têm de fazer um planeamento para três a cinco anos”, diz Edward Vesely, EVP e CMO da Vision Solutions.


“Este relatório é bastante importante, uma vez que destaca tendências, oportunidades e desafios, tanto para as TI como para os líderes das empresas, dado que se baseia em conclusões obtidas em inquéritos reais. Nós, na CESCE SI, temos a mesma noção que estas preocupações são cada vez mais emergentes e recorrentes ao nível das TI, nos dias que correm”, afirma Pedro Vieira, Diretor de desenvolvimento de negócio da CESCE SI.

Tags

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 11 Dezembro 2017

IT INSIGHT Nº 11 Dezembro 2017

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!